Arquivo diário: domingo, Maio 12, 2019

De volta

A ex-prefeita Marília Dias (MDB) alugou uma residência no bairro Auta de Souza em Macaíba. Na residência, a ex-prefeita já recebeu correligionários e a pauta principal tem sido o pleito de 2020.

Marília tenta recuperar o tempo perdido.

Convites e desfiliação

Ceyça Lima tem sido procurada por diversas lideranças políticas de Macaíba, tanto daquelas que pretendem disputar a Prefeitura quanto de lideres dos grupos que vão disputar a eleição para o Poder Legislativo.  A primeira suplente de vereador nos informou que não descarta desfiliação do PRB.

Portas abertas!

O professor Hailton Mangabeira, líder do grupo Macaíba é Nossa, continua nas redes sociais anunciando os pré-candidatos do seu grupo e já declarou que Ceyça Lima tem as portas abertas para ingressar no grupo. Hailton quer pratas da casa no grupo.

Continua no mesmo partido

O delegado Normando Feitosa continua filiado no Partido da República (PR), de acordo com o sistema do TSE. O PR é o partido pelo qual o vereador Emídio Júnior foi eleito. Como ambos têm o interesse de disputar o Palácio Auta de Souza, um deles vai ter que deixar a sigla.

Segunda opção

Caso hoje saísse do PR, Normando Feitosa teria as portas abertas no PSC.

Pesquisa

A classe política de Macaíba e quem acompanha a política local aguarda as primeiras pesquisas para fazer análise do cenário e a conjuntura que se desenha para as eleições de 2020. Um instituto da capital já foi contratado para fazer o levantamento.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas

A governadora Fátima Bezerra foi ao lançamento do livro “Sophia Lyra – Entre a literatura e a História”, de autoria da professora Maria Arisnete Câmara de Morais. O evento aconteceu na noite desta última sexta-feira (10), nos jardins do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte.

O livro da professora doutora, historiadora e escritora Maria Arisnete Câmara de Morais, trata da vida e da obra de Sophia Lyra, autora de diversos livros sobre os costumes da sociedade brasileira, principalmente do período que vai do Império até a 1ª República, como “Vida íntima das moças de ontem”. A obra está sendo lançada exatamente uma década após o falecimento da escritora que era a filha mais velha do senador e governador do RN, Augusto Tavares de Lyra, e casada com Roberto Tavares de Lira, ministro da Educação do governo João Goulart. Sophia nasceu no Rio de Janeiro, mas era macaibense honorária, por conta de suas raízes familiares, e patronesse da cadeira nº 25 da Academia Macaibense de Letras.

“Por que inferioridade? Sábios, cientistas e filósofos já estão fartos de demonstrar a diferença qualitativa entre os sexos mas, tenho estudado e não me consta que ficassem provadas diferenças amesquinhantes para este ou aquele. As influências externas provocam, por vezes, fenômenos reflexos que desaparecerão uma vez desaparecidas aquelas. O ser humano vale por si e não por pertencer a este ou àquele sexo”, Sophia Lyra.

“Minha querida amiga Arisnete concebe mais uma grande contribuição para a literatura norteriograndense, resgatando a história da macaibense Sophia Lyra, escritora que trazia em suas obras o contexto social da época vivenciado pelas mulheres, a luta por dignidade e independência para as mulheres, com igualdade e oportunidades”, disse a governadora Fátima.

A história de Sophia Lyra será levada às escolas do Rio Grande do Norte, iniciando pela cidade de Macaíba, cidade de origem da família de Sophia. A escritora e também professora Aurisnete quer realizar este projeto de visitar as escolas falando sobre a vida e obra da escritora macaibense honorária. “Não basta deixar os livros nas prateleiras das bibliotecas, lá eles ficam praticamente esquecidos. Quero realizar rodas de conversa com os estudantes e passar um pouco da história e do belo trabalho desta ilustre potiguar”, destacou Arisnete.

Maria Arisnete Câmara de Morais é professora titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com um extenso trabalho de pesquisa sobre a história das mulheres potiguares e a educação. Publicou obras biográficas sobre Isabel Gondim e Chicuta Nolasco, mulheres importantes na história da educação do Rio Grande do Norte.

Sophia Lyra

Sua bibliografia completa é composta das seguintes obras: Assis, luminosa e ardente clareira de paz (1958), O sétimo centenário de um terceiro franciscano – Dante Alighiere (1965), Igrejas de Portugal (1966), Natal à franciscana (1966), Madre Joana – A Angélica (1968), Tupi para Juristas (1969), Os franciscanos e as rosas (1970), O maior e o melhor dos Lyras (1973; 2 ed. 1974), Rosas de Neve: como eram as mulheres no começo do século (1974), Conquistas da mulher em todos os tempos (1976), São Francisco de Assis e o Brasil (1978), Vida íntima das moças de ontem (1980), Grandes Mulheres, 2 volumes, 2001-2003. Além desses livros, Sophia Lyra deixou trabalhos inéditos.

Agência Brasil – O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (12) que o governo vai fazer a correção na tabela do Imposto de Renda Pessoa Física para o ano que vem. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Bolsonaro afirmou que orientou o ministro da Economia, Paulo Guedes, que a tabela do IR deve ser corrigida “no mínimo” com a inflação. O governo também estuda aumentar os limites de deduções.

“Hoje em dia, o Imposto de Renda é redutor de renda. Falei para o Paulo Guedes que, no mínimo, este ano temos que corrigir de acordo com a inflação a tabela para o ano que vem. E, se for possível, ampliar o limite de desconto com educação, saúde. Isso é orientação que eu dei para ele [Guedes]. Espero que ele cumpra, que orientação não é ordem. Mas, pelo menos, corrigir o Imposto de Renda pela inflação, isso, com toda a certeza, vai sair”, afirmou Bolsonaro.

Resultado de imagem para ba 304 em macaiba

A duplicação da BR-304 em Macaíba só deverá está concluída em 2021. A duplicação do trecho conhecido como Reta Tabajara é uma promessa antiga e  vem sofrendo várias paralisações desde seu início no governo Dilma. A obra que inicialmente teria o custo de R$ 233 milhões, contempla a construção de cinco viadutos, três pontes, uma alça viária e construção de marginais.

Inicialmente foi realizada parte da terraplanagem e recentemente o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes instalou postes no trecho do distrito industrial. No entrocamento com a BR-226 um viaduto está sendo erguido, foram isso mais nada vem sendo feito.