Arquivo diário: terça-feira, maio 7, 2019

 

A Câmara Municipal de Parnamirim lançou nesta segunda-feira (6) edital para realização de concurso público que conta com 44 vagas para cargos de nível médio e superior. As inscrições começam no dia 20 de maio e vão até 17 de junho e serão feitas exclusivamente pelo site da Comperve (ver abaixo).

As provas, que acontecem no dia 21 de julho, serão objetivas com 10 questões de língua portuguesa e 25 de conhecimentos específicos da área escolhida. Os salários iniciais vão de R$ 1.375,98 a R$ 2,5 mil.

Para vagas de nível médio, o concurso oferece cargos de agente administrativo, agente de cerimonial, redator de atas e técnico de informática. Já para o nível superior, há vagas para administrador, analista de informática, assessor contábil, assessor de controle interno, jornalista, pedagogo, procurador, produtor audiovisual e tradutor intérprete de libras.

A realização do atual certame acontece após 27 anos do primeiro e cumpre à risca a reestruturação estabelecida pela atual gestão da Câmara que, em conformidade com os órgãos fiscalizadores, estabeleceu o equilíbrio em seu quadro funcional de 50% para efetivos e os outros 50% para comissionados. “Quando assumimos a Câmara em 2017, encontramos o quadro com apenas 18% ocupados por servidores efetivos e 82% de comissionados. Com esse novo concurso, eliminaremos 100 cargos comissionados e iremos dobrar o quadro de servidores efetivos”, explica o presidente da Câmara de Parnamirim, vereador Irani Guedes.

Confira o edital completo: http://bit.ly/2LrUBCK

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), torna público o Processo Seletivo para formação de novas turmas dos cursos Técnicos Subsequentes em Agroindústria, Agropecuária e Aquicultura, de acordo com as condições definidas neste Edital.

Acesse o Edital

Uma ex-candidata a vereadora que obteve uma votação expressiva no pleito de 2016 está sendo sondada por um grupo político de Macaíba para compor como vice no pleito de 2020. A ex-candidata tem dito que está  muito cedo para definições.

O Diário Oficial  desta terça-feira (07) trouxe algumas mudanças que o prefeito Fernando Cunha fez no secretariado. Entre as mudanças estão a nomeação de Francisca Jacira como secretária de Trânsito e Transporte, Telmo Guerra secretário de Meio Ambiente e Urbanismo e Joacy Carlos no cargo de secretário de Projetos Especiais.

 

A Prefeitura de Macaíba informa aos candidatos que requisitaram a devolução do pagamento da taxa de inscrição no concurso público, que a restituição dos valores pagos foi encaminhada para a instituição financeira, no último dia 3 de maio, para que fossem realizados os procedimentos de devolução. Entretanto, algumas dessas devoluções não foram realizadas por possíveis divergências de informação.

Da mesma forma, a Prefeitura esclarece que firmou convênio, no início do mês de abril, com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos para a devolução através de Vale Postal dos candidatos que optaram por essa modalidade. Para retirada dos valores, em qualquer agência dos Correios no Brasil, será necessário que o interessado apresente documento de identificação e o número do Vale, que está sendo enviado por e-mail.

Outrossim, a Prefeitura de Macaíba estará disponibilizando, a partir da próxima sexta-feira (10), no site www.macaiba.com.br consulta por CPF para que os interessados possam saber o status das suas solicitações.

 Prefeitura Municipal de Macaíba

Policiais civis da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Parnamirim e da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio de equipes das Delegacias Municipais de Macaíba e Alexandria, deram cumprimento, nesta segunda-feira (6), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Lindenor Simão de Freitas, 50 anos, investigado pela tentativa de feminicídio e por descumprimento das medidas protetivas de urgência contra a ex-companheira, Ayla Taise Barbosa Moreira, 32 anos. A prisão aconteceu na Zona Rural de Macaíba.

O crime aconteceu no final da manhã do dia 13 de abril de 2019, quando Lindenor Simão invadiu o salão de beleza, localizado em Parnamirim, onde Ayla Taise trabalhava como manicure. Na ocasião, o agressor efetuou, pelo menos, oito disparos de arma de fogo contra Ayla Taise. Conforme consta no laudo pericial, a maioria dos tiros atingiu as regiões do tórax e cabeça da vítima.

Em decorrência do cumprimento de mandado de busca e apreensão, foram encontrados com a esposa de Lindenor Simão, Jacqueline de Sousa Penha, o aparelho celular, documentos e cartões de crédito da vítima, razão pela qual ela foi autuada em flagrante pela prática do crime de receptação dolosa. Já o pai de Lindenor, Luiz Alexandre de Freitas, foi autuado pelo crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, sendo encontrada no imóvel uma espirgarda calibre .32 que seria de sua propriedade.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Informações da Polícia Civil/Assecom

Nesta segunda-feira (06) a Polícia Militar, através do 9° Batalhão apreendeu um indivíduo após praticar um assalto à uma borracharia no distrito de Mangabeira, em Macaíba, na Grande Natal.

Os policiais receberam a informação de um arrastão em uma borracharia próximo à um posto de combustível em Mangabeira, no patrulhamento os policiais encontraram um carro HB 20 branco com sinais de colisão na Rua Campos Limpos no bairro das Quintas. Diante da suspeita de ser o mesmo veículo usado no crime, o efetivo chegou até a pessoa de Aylton Bezerra da Silva Júnior, o qual tinha locado o carro para usá-lo em atos ilícitos, tendo sido reconhecido pelas vítimas roubadas em Mangabeira.

A guarnição fez a condução do indivíduo à Central de Flagrantes da Polícia Civil, para realização dos procedimentos cabíveis.

PM/Assecom

(Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Agência Brasil – O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, defendeu, ontem (6), que as empresas brasileiras contratem pessoas que cumprem pena ou que deixaram o sistema prisional. Para o ministro, é importante que os empresários ofereçam oportunidades aos presos que buscam uma oportunidade de se reinserir na sociedade por meio do trabalho e do estudo.

“Temos que acreditar na ressocialização do preso. Este é um objetivo importante. Nunca podemos perder a fé e a esperança de que as pessoas podem se redimir. E uma das melhores maneiras é dar uma oportunidade para estas pessoas”, disse o ministro durante a cerimônia de entrega do Selo Resgata a 198 empresas de 15 estados. Juntas, estas empresas contratam 5.603 pessoas. No primeiro ciclo de certificação das companhias, em 2017/2018, 112 instituições receberam o selo. A maioria delas, órgãos públicos. A expectativa do ministério é ampliar este número para mil empresas em 2020 e atrair mais empresas privadas.

Lançado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no fim de 2017, o selo é uma estratégia federal de estímulo às empresas públicas e privadas, bem como a órgãos públicos e empreendimentos de economia solidária, para que contratem pessoas privadas de liberdade que estejam cumprindo penas alternativas ou que já tenham deixado o sistema prisional.

A contratação dos presos é feita por meio de convênios que as empresas habilitadas a apoiar o trabalho de ressocialização assinam com os governos dos estados onde atuam. A certificação da habilitação é a obtenção do próprio Selo Resgata. Para obtê-lo, a empresa tem que contar com entre 1% e 3% de presos no total de mão de obra contratada, mediante o que, recebem algumas vantagens, como redução das despesas trabalhistas.

Resultado de imagem para porta voz Otávio Rêgo Barros

 

Nessa segunda-feira (06), o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou  que o presidente Jair Bolsonaro não cortará recursos de colégios militares, apesar do contingenciamento no Ministério da Educação (MEC) de 30% de instituições federais de ensino. Os colégios militares estão vinculadas ao orçamento do Ministério da Defesa, por meio do Exército Brasileiro.