Arquivo diário: sábado, maio 4, 2019

No início da noite deste sábado (04), um homem foi assassinado a tiros em frente ao Mercado Público de Macaíba. A vítima foi identificada sendo Kaleu.

A Polícia Militar foi acionada e  isolou o local do crime até a chegada do Itep para remover o corpo.

Agora a pouco um homem foi baleado em frente ao Mercado Público de Macaíba.

Mais informações a qualquer momento.

Resultado de imagem para márcia maia

A ex-deputada estadual Márcia Maia foi empossada diretora-presidente da Agência de Fomento do Estado, na manhã dessa sexta-feira (3), na sede da AGN. Aliás, o prédio onde a agência funciona foi construído em 2008, durante o governo de Wilma de Faria, mãe da nova diretora-presidente. O ato de posse ocorreu dentro de uma reunião do Conselho de Administração da AGN e contou com a presença do seu agora ex-presidente Murilo Diniz; do secretário Chefe do Gabinete Civil do Estado, Raimundo Alves Júnior; e do Procurador-Geral Adjunto, José Duarte Santana; além de diretores e membros do Conselho. Márcia Maia assume para a complementação do mandato 2018/2020.

Homem foi espancado depois de tentar assaltar uma pessoa no bairro de Neópolis — Foto: Reprodução/Vídeo Redes Sociais

Um homem foi espancado por moradores do bairro de Neópolis, na Zona Sul de Natal, depois de tentar assaltar uma pessoa na Rua dos Cataguáses na tarde desta sexta-feira (3). Depois de render o suspeito, os moradores acionaram a polícia, que o levou para a delegacia.

De acordo com a Polícia Militar, o homem estava em um Pálio vermelho, e abordou uma pessoa que passava pela via para tentar assaltá-la. Foi aí que os moradores viram a ação e correram em direção ao assaltante, o tiraram do veículo e agrediram ele.

Tanto o homem, como o carro em que ele estavam foram levados para a Delegacia de Plantão da Zona Sul.

G1 RN

 

Um levantamento da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior mostra que o Ministério da Educação bloqueou pelo menos R$ 2,4 bilhões para investimentos em programas do ensino infantil ao médio.

Questionado pelo Estadão sobre motivo dos cortes, o MEC afirmou que “ainda não é possível informar quais áreas serão afetadas e nem em quanto” e que “estuda a melhor forma de cumprir a determinação do governo”.

Segundo o levantamento, também foram bloqueadas verbas de Pronatec e do Mediotec.

O Antagonista

 

Nesta sexta-feira (03), o ex-senador Garibaldi Alves Filho (MDB) foi  entrevistado pela jornalista Margot Ferreira, onde disse que o Rio Grande do Norte quer uma mudança política.

Garibaldi Alves também afirmou que não será mais candidato, mas enfatizou que não deixará a política. “Meus planos são muito modestos. Não vou deixar a política, vou continuar, mas não pretendo mais ser candidato. Pretendo me aposentar”, disse.

Na noite desta última quinta-feira (02), policiais militares do 9º Batalhão capturaram dois foragidos da justiça no bairro Felipe Camarão, zona Oeste de Natal.

Por volta das 22h, durante patrulhamento na estação férrea do bairro, a viatura se deparou com três indivíduos em atitude suspeita, ao aborda-los ficou contatado que havia mandados de prisão em seu desfavor de dois deles.

Lucas Oliveira da Costa, 20 anos, e Ricardo Gabriel Fernandes Dantas, 20 anos, foram conduzidos à Central de Flagrantes para os procedimentos decorrentes.

PM/Assecom

Resultado de imagem para ufersa

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido vem a público esclarecer que o bloqueio de 30% anunciado pelo Ministério da Educação, por meio do Decreto 9741/2019, vai ocasionar numa redução de R$ 15,8 milhões de receitas para a instituição.

A gestão da Universidade ainda avalia os impactos do Decreto, mas já adianta que haverá dificuldade para garantir o pleno funcionamento dos seus quatro campi, que hoje somam mais de 11 mil alunos matriculados na graduação e na pós-graduação.

O bloqueio dos recursos vai interferir nos investimentos e, principalmente, no custeio da Universidade. Despesas, como contas de luz, água e contratos de manutenção podem ser prejudicadas diante do Decreto. Com isso, a gestão da Ufersa vai realizar uma revisão geral em todos os seus contratos e avaliar as licitações de construção e de melhorias prediais e de equipamentos que estão em andamento.

Reforçamos que o bloqueio não afetará as ações da assistência estudantil, estando assim garantidas as refeições subsidiadas dos restaurantes universitários, as moradias estudantis e as bolsas e auxílios pagos aos alunos(as).

A Ufersa ainda esclarece que a sua Pró-Reitoria de Planejamento está trabalhando de forma intensa para que os impactos do Decreto 9741/2019 sejam os menores possíveis para toda a comunidade que recorre a Universidade do Semiárido. E paralelo as ações internas, a gestão da Ufersa também já iniciou diálogo sobre o assunto no Fórum de Reitores das Universidades Públicas do RN e também levará a discussão aos parlamentares do Estado.

Por fim, esperamos que a situação econômica do país melhore e que o bloqueio dos recursos possa ser revisto ao longo do ano para assim continuarmos garantindo uma educação superior pública, gratuita e de qualidade com ensino, pesquisa, extensão e inovação ao semiárido nordestino e ao Brasil.

Botijão de gás

Marcello Casal/Agência Brasil

Agência Brasil – A Petrobras vai reajustar em 3,43%, em média, a partir do próximo domingo (5), o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP Residencial), o gás de cozinha, para botijão de 13 quilos (kg) às distribuidoras sem a cobrança de tributos. O preço do botijão de 13kg vai custar R$ 26,20.

O último reajuste ocorreu no dia 5 de fevereiro, exatamente há três meses, quando o valor do gás de cozinha subiu para R$ 25,33 para as distribuidoras.

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que as empresas distribuidoras associadas à entidade foram comunicadas na tarde de hoje pela Petrobras que o GLP residencial para embalagens de até de 13kg ficará mais caro a partir do próximo domingo. De acordo com o Sindigás, o reajuste oscilará entre 3,3% e 3,6%, de acordo com o polo de suprimento.