Arquivo diário: segunda-feira, fevereiro 4, 2019

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio da Escola de Música (EMUFRN), torna público o edital para seleção de crianças e adolescentes no curso do Projeto Poli Teatro Musical. O curso é voltado para crianças e adolescentes entre 6 e 16 anos que tenham interesse em desenvolver a prática artística.

As inscrições serão realizadas de 11 a 22 de fevereiro através de preenchimento do formulário que será disponibilizado no site da Escola de Música. A seleção para as vagas disponíveis serão preenchidas por meio de sorteio público, que será realizado na EMUFRN no dia 23 de fevereiro, às 14h. A presença do responsável pela criança no sorteio é opcional.

Os nomes sorteados após o preenchimento das vagas serão colocados em lista de suplência e chamados em caso de desistência ou não realização da matrícula. A lista de sorteados será divulgada nas redes sociais do Projeto Poli Teatro Musical, no site e no mural da EMUFRN.

Quanto aos valores, cada série anual custa R$ 880, e a forma de pagamento pode ser feita em até duas parcelas de R$ 440, com vencimentos no início de cada semestre. A cobrança será feita por boleto via Guia de Recolhimento da União (GRU), com especificações de valores e unidade (EMUFRN) favorecida.

Para mais informações, basta acessar o edital do processo seletivo ou entrar em contato pelo telefone: (84) 3342 2229.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e listras

 

Seguindo no cumprimento das promessas feitas na campanha, o vereador Netinho França conseguiu mais uma oportunidade para os macaibenses, em especial para a juventude, na área do ensino superior de pedagogia.

A ONBYTE oferece uma ótima estrutura, Laboratório de aulas práticas, Bibliotecas e Estágio.

CURSO: Pedagogia – 40 vagas.
HORÁRIOS E DIAS: QUINTA-FEIRA: 40 ALUNOS
(19H ÀS 21H30) [VAGAS LIMITADAS]
Modo de ensino: semi presencial
Instituição: FACERN
Valor inscrição:diretamente com a instituição
Duração do curso: 4 anos (curso superior)

ATENÇÃO PARA AS DATAS

MATRÍCULAS: No período de 05 a 08 de fevereiro, das 8h as 12h, os interessados devem comparecer ao gabinete do ver. Netinho França na Câmara Municipal para preencher o formulário com dados e pegar a autorização. Trazer documentos CPF, RG e comprovante de residência.

Assessoria

Temos o compromisso assumido de regularizar os salários atrasados pela antiga administração e vamos cumprir. #GovernoDoRN

Posted by Fátima Bezerra on Monday, February 4, 2019

O caminhão Projeto Energia com Cidadania, da Cosern, chegou em Macaíba e ficará até o próximo sábado (09) na cidade. O projeto  vai promover palestras educativas e a substituição de lâmpadas ineficientes por LED, além de distribuir kits com jogos educativos e cartilhas  com orientações sobre o uso seguro e eficiente de energia elétrica

O caminhão está estacionado na praça ao lado da igreja Matriz, com atendimento a partir das 8h às 12h e das 13h às 17h, e no sábado das 8h às 12h.

 

Resultado de imagem para acesso sul

Durante a madrugada deste domingo (03), dois servidores do Instituto Federal do Rio Grande do Norte foram assaltados no acesso Sul quando estavam a caminho do aeroporto de São Gonçalo do Amarante. De acordo com informações da Tribuna do Norte, cinco homens emparelharam e atiraram contra o veículo dos servidores.

Os servidores foram obrigados a parar o veículo, onde os assaltantes fizeram um verdadeiro arrastão nos pertences. Um dos servidores ainda foi atingido por um tiro de raspão no braço, além dos pertences como notebook e celulares, os criminosos roubaram o carro. Sem iluminação em todo o trecho da rodovia, os servidores caminharam até chegar ao posto da Polícia Rodoviária Federal em Macaíba.

Ação contínua

As rodovias que cortam Macaíba e cidades vizinhas vem registrando um alto número de assaltos e as características das ações criminosos são parecidas, podendo ser a mesma quadrilha a responsável pelos assaltos. A falta de iluminação no acesso Humberto Pessoa vem sendo alvo constante de críticas dos motoristas que trafegam pela rodovia que foi inaugurada recentemente.

 

O governo do Rio Grande do Norte não enviou nenhum representante para participar da reunião onde o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, apresentou um projeto de lei anticrime. O fato acabou ganhando espaço nas redes sociais e o governo Fátima foi criticado pela ausência.

O encontro nesta segunda-feira (04) em Brasília reuniu governadores e secretários de Segurança Pública.

O senador Styvenson Valentim anunciou através das redes sociais que seu partido a partir de agora é o Podemos. O capitão que teve total liberdade dentro da Rede Sustentabilidade, não disse por qual motivo saiu da sigla, apenas agradeceu ao diretório estadual por ter deixado ele se candidatar.

No Rio Grande do Norte, diferente da Rede, o diretório estadual do Podemos é presidido por uma figura tradicional da política, o ex-deputado federal Antônio Jácome, derrotado nas eleições de 2018.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se reúne com governadores e secretários estaduais de Segurança Pública para apresentar o Projeto de Lei Anticrime.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Agência Brasil – O projeto de lei Anticrime que o governo federal vai enviar ao Congresso Nacional nos próximos dias prevê mudanças em 14 leis, entre elas, o Código Penal, a Lei de Execução Penal, a Lei de Crimes Hediondos e o Código Eleitoral. A intenção, segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, é combater a corrupção, crimes violentos e facções criminosas.

O ministro Sergio Moro apresentou hoje (4) a proposta a 12 governadores, vice-governadores e secretários estaduais de Segurança Pública, em Brasília. Mais cedo, ele conversou sobre o projeto com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

De acordo com a minuta do projeto, divulgado à imprensa, a iniciativa prevê alterações legais, elevando penas para crimes com arma de fogo. Além disso, o governo conta com o aprimoramento do mecanismo que possibilita o confisco de produto do crime, permitindo o uso do bem apreendido pelos órgãos de segurança pública.

As medidas visam ao endurecimento do cumprimento da pena para crimes considerados mais graves, como roubo, corrupção e peculato que, pela proposta, passa a ser em regime inicial fechado.

O projeto pretende deixar claro que o princípio da presunção da inocência não impede a execução da condenação criminal após segunda instância.

A reforma do crime de resistência, introduzindo soluções negociadas no Código de Processo Penal e na Lei de Improbidade, é uma das propostas, contando também com medidas para assegurar o cumprimento da condenação após julgamento em segunda instância, aumentando a efetividade do Tribunal do Júri.

De acordo com o projeto, será considerado crime arrecadar, manter, movimentar ou utilizar valores que não tenham sido declarados à Justiça Eleitoral, popularmente chamado de caixa dois.

Outro ponto conceitua organizações criminosas e prevê que seus líderes e integrantes, ao serem encontrados com armas, iniciem o cumprimento da pena em presídios de segurança máxima. Condenados que sejam comprovadamente integrantes de organizações criminosas não terão direito a progressão de regime.  A proposta ainda amplia – de um para três anos – o prazo de permanência de líderes de organizações criminosas em presídios federais.

Assecom

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) registrou por mais um ano a infração de “Dirigir sem possuir CNH ou Permissão para Dirigir” como a primeira no ranking das autuações de trânsito assinaladas durante o ano de 2018 na área de jurisdição do órgão. O dado apontado pelo setor de Estatística do Departamento informa que 4.875 infrações dessa natureza foram notificadas no decorrer do ano, correspondendo a 22,30% do total de multas catalogadas no sistema do Detran no período.

Em números absolutos, esse tipo de infração teve uma queda quando comparado com o ano anterior. Nesse caso, foram notificadas 5.254 infrações em 2017, resultando numa queda de 379 autuações em 2018. O percentual de queda foi de 7,2%. Já no ranking geral, em 2017, a infração de dirigir sem possuir documento de habilitação também estava no topo da lista, correspondendo a 22,45% de todas as multas registradas pelo Detran naquele ano.

De acordo com os dados, a infração de conduzir veículo por motorista não habilitado é mais presente nos municípios do interior do Estado. Nesse caso, é comum as blitzen de fiscalização flagrarem menores de idade pilotando, principalmente, motocicletas ou ciclomotores, o que resulta num perigo maior para segurança no trânsito, já que esses tipos de veículos são os que mais se envolvem em acidentes.

Dirigir sem possuir CNH é registrada no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) como infração de natureza gravíssima, com notificação de 7 pontos na CNH do proprietário do veículo automotor conduzido por cidadão não habilitado. O valor da multa gravíssima é multiplicado pelo fator três, o que eleva a multa para R$ 880,41. Outra punição administrativa é que o veículo fica retido até a apresentação de um condutor habilitado.

Primeira Habilitação

O Detran vem aprimorando o processo de primeira habilitação de condutores por meio da descentralização dos serviços. Hoje o cidadão, além de poder iniciar os procedimentos em qualquer central de atendimento do Órgão, pode também abrir o processo pela internet ou em qualquer um dos centros de formação de condutores credenciados pelo Detran no Estado.

O procedimento para abertura do processo citado é simples. Basta o cidadão se dirigir a uma das autoescolas espalhadas pelo Estado, apresentar um documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência e informar o tipo de serviço que deseja realizar. Em seguida, as informações são inseridas no banco de dados e será impressa uma guia de identificação gerada pelo sistema de Registro Nacional de Carteira da Habilitação (Renach). De posse da guia do Renach e da documentação pessoal, o usuário busca uma unidade do Detran onde o processo de primeira habilitação é sequenciado.

Já para a solicitação do serviço pela internet, o usuário entra no site do Detran e clica no botão “Consulta de Pessoas e Boletos”. Logo em seguida, abre uma nova tela em que o sistema pede para que o cidadão insira o número do CPF e, logo após, clica em “consulta”. Dessa maneira, o usuário tem acesso ao ambiente online para iniciar o processo de primeira habilitação, bastando seguir as informações fornecidas pelo sistema.

Já o pagamento da taxa gerada pode ser realizado assim que o cidadão concluir a etapa online. Os meios utilizados para a quitação podem ser pelo aplicativo do Banco do Brasil; imprimir a guia e pagar diretamente no caixa do banco de preferência do usuário; ou mesmo buscar uma agência do Pagfácil e informar o CPF, que o débito será localizado, podendo assim ser quitado. Com essa opção, ao chegar no Detran, o cidadão já ultrapassa duas etapas da abertura do processo, fazendo com que a conclusão do serviço seja mais ágil e prática.

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) ficou em primeiro lugar entre os Institutos do Brasil, conforme o Web Ranking of Universities, e em segundo no que diz respeito às instituições de ensino do RN. O “Webometrics Ranking of World Universities” é uma iniciativa do Laboratório Cybermetrics, um grupo de pesquisa pertencente ao Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), maior corpo de pesquisadores da Espanha. O sistema classifica universidades em todo o mundo, com base em um indicador composto que leva em conta tanto o volume do conteúdo da instituição na web (número de páginas e arquivos), quanto a visibilidade e o impacto destas publicações online, de acordo com o número de inlinks externos (citações do site) que receberam.

A lista tem como objetivo melhorar a presença das universidades e instituições de pesquisa na internet e promover a publicação em acesso aberto dos resultados científicos, sendo publicada desde 2004 e com atualizações a cada janeiro e julho. Atualmente, ela fornece indicadores para mais de 12.000 universidades em todo o planeta.

“O resultado indica que o Instituto, através dos trabalho de estudantes e servidores, produz conteúdo relevante, o que atrai o interesse de pesquisadores e da sociedade em geral”, comemorou o reitor do IFRN, Wyllys Farkatt Tabosa. Abrangendo tanto materiais como artigos científicos, dissertações e teses como páginas de divulgação institucional, o ranking considera o número de acessos ao material como também compartilhamentos e citações. “É uma notícia para todos os nossos pesquisadores, sejam estudantes ou servidores, que produzem conhecimento e o repercute: em livros, artigos, comunicações em eventos, páginas de redes sociais e na mídia como um todo”, completou.

Para a Diretora de Regulação e Avaliação do Ensino, Tarcimária Gomes, a posição no ranking comprova a qualidade do ensino e das ações desempenhadas pela Instituição. A Diretora lembra no final de 2018, o MEC renovou por oito anos o credenciamento para a oferta de cursos técnicos, superiores de graduação e de pós. Ainda sobre ensino superior, foco do ranking, conquistou o maior Índice Geral de Cursos (IGC) entre os Institutos Federais do Nordeste. “Um dos fatores mais avaliados é a comunicação, tanto com a comunidade interna quanto com a externa. A repercussão dos trabalhos que desenvolvemos, como também o acesso a eles mostra que temos uma comunidade de pessoas produzindo pesquisas relevantes e que a Instituição tem respaldo e credibilidade”, enfatizou.

PARA A ESTUDANTE

O reconhecimento não é surpresa para Gabrielly Souza, graduanda da Licenciatura em Física, no Campus Natal-Central do IFRN: “é apenas o retorno de todo amor e competência da instituição”, afirma. Gabrielly conta que, como discente do Instituto, desde o Técnico Integrado, percebe que a formação recebida não é apenas acadêmica, mas também humana: “todo o esforço dos docentes para passar o melhor de si para seus alunos resulta no comprometimento dos alunos com eles e com a instituição”, completa.

PARA O SERVIDOR

“Sempre acreditei no potencial do IFRN, como um todo: desde os servidores aos estudantes, que são nosso alvo. Desde sempre, o Instituto trabalha de forma democrática, para melhorar a tríade do ensino, da pesquisa e extensão”, comenta Cleonilson Mafra, professor integrante da Diretoria de Recursos Naturais (Diaren), do Campus Natal-Central. O docente fala que o reconhecimento dado pelo Web Ranking of Universities o fortalece e motiva a acreditar, realmente, na educação pública de qualidade. “Nossos alunos merecem, nossos pais dos alunos merecem, esse reconhecimento, essa bandeira da educação pública de qualidade. É como eu sempre falo: ser docente, pesquisador e/ou aluno do IFRN faz toda a diferença no mercado de trabalho. Eu sou muito satisfeito em fazer parte do corpo docente, e também ser pesquisador dessa Instituição, onde nós temos condições favoráveis ao trabalho”, conclui.

Agência PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu na manhã deste domingo (3), no km 114 da BR 101, na comunidade de Taborda, em São José de Mipibu/RN, o condutor de um Uno, um homem de 25 anos.

Durante a abordagem, os policiais sentiram um odor muito forte de maconha, vindo de dentro do veículo. Na sequência da fiscalização, foi encontrada no interior do carro, em uma sacola de plástico, a quantia de R$ 50.000,00 em espécie. Questionado sobre a origem do dinheiro, o suspeito não apresentou nenhuma comprovação.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão e feita a condução do homem à Delegacia de Plantão da Zona Sul, em Natal. Foi constatado que ele já tinha sido preso, em 2016, por tráfico de droga e por porte ilegal de arma de fogo.

Após a apresentação da ocorrência na polícia judiciária, uma equipe da Polícia Civil, em parceria com equipes da PRF e da Polícia Militar foram até o endereço de residência do suspeito.

No local, foi encontrada uma caminhonete Toro com placa clonada e com Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo – CRLV – constante de um lote roubado do Detran/CE. A caminhonete havia sido roubada em Natal, no ano de 2017.

Foram apreendidas também 6,3 g de cocaína, 20,4 g de maconha, nove munições calibre 380 e onze munições de revólver calibre 38.