Arquivo diário: quinta-feira, janeiro 17, 2019

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas sorrindo

Através do vereador Netinho França, 100 macaibenses começaram a cursar Pedagogia na Onbyte pela Facern. O projeto de Netinho França vem ajudando muitos munícipes a  realizar o sonho de ter um curso Superior ou Técnico, além de várias capacitações que o vereador oferece gratuitamente aos jovens da nossa cidade como informática, montagem e formatação de computadores e outros.

Assim Netinho França vem cumprindo com rigor sua promessa de campanha para qualificação dos cidadãos macaibenses.

Assessoria

A governadora Fátima Bezerra anunciou nesta terça-feira, 17, os dirigentes do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) e Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

O engenheiro mecânico e de segurança no trabalho, Octávio Santiago Filho, aposentado do DER, assumirá a direção geral do DETRAN e o engenheiro civil, Manoel Marques Dantas, com mais de 30 anos de atuação no DER, assumirá a direção geral do Departamento de Estradas e Rodagem. “A nossa meta é recuperar e manter as estradas em boas condições, bem como todo o sistema de transportes que está sob a responsabilidade do DER, afim de contribuir para desenvolvimento do estado”, afirmou.

Sobre os nomes anunciados, a Governadora enfatizou o perfil técnico da sua equipe. “Assumi o compromisso de escolher profissionais com perfil técnico para todas as áreas do nosso governo. O DETRAN e o DER são dois órgãos fundamentais e estratégicos, para alavancar o desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, ressaltou.

A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos de sol, atividades ao ar livre e close-up

A vereadora Ana Catarina (PMB) declarou em um grupo de whatsap que tentará a reeleição e descartou a possibilidade de ser candidata a vice-prefeita em uma chapa para disputar a Prefeitura de Macaíba na próxima eleição.

A especulação surgiu no  grupo de whatsap intitulado Opinião Soc. em Foco,  para evitar que a especulação  se propagasse nas redes sociais a vereadora negou e logo descartou a possibilidade.

 

Divulgação Clínica de lesão medular infantil (CEPS/ISD)

A organização do curso de paradesporto, promovido pelo Instituto Santos Dumont (ISD), em parceria com a Secretaria de Esporte e Lazer de Macaíba e a Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE) divulga a lista de selecionados abaixo. Dúvidas sobre essa atividade poderão ser esclarecidas por e-mail: eventos@isd.org.br.

Confira a lista de participantes.
Confira o que é verdade e o que é mentira sobre a posse de armas

Foto: Arquivo/Governo do Paraná

Com a intenção de tornar as regras mais claras para agentes de segurança e pessoas que desejam possuir um armamento em casa ou no trabalho, o presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou nessa terça-feira (15) o decreto que regulamenta a posse de armas de fogo no Brasil. A medida foi publicada no Diário Oficial da União e já está em vigor.

Para se prevenir de boatos e informações falsas, saiba o que é fato e o que é fake sobre a regulamentação:

Qualquer pessoa vai poder andar armada pelas ruas – MENTIRA  

O decreto regulamenta a posse de arma. Ou seja, a autorização para manter a arma de fogo exclusivamente no interior da residência ou no local de trabalho. O porte, por sua vez, permite transportar a arma de fogo, de forma discreta, fora da residência ou do local de trabalho. Isso não foi alterado. Assim, o porte continua proibido para os cidadãos brasileiros, exceto para membros das Forças Armadas, polícias, guardas, agentes penitenciários, empresas de segurança privada, entre outros.

O decreto garante o direito das pessoas de terem uma arma de fogo em casa ou no trabalho – VERDADE 

O texto foi assinado para atender ao referendo de 2005, previsto no Estatuto do Desarmamento. Naquele ano, os brasileiros foram às urnas e votaram contra o artigo 35 da lei, que proibia a venda de armas e munições em todo o território nacional. Além disso, o novo decreto traz regras mais claras para agentes de segurança e pessoas que desejam possuir um armamento em casa ou no trabalho.

A regulamentação aumenta os riscos de acidentes em residências envolvendo armas – MENTIRA

Interessados em obter a posse que morem com crianças, adolescentes ou com pessoa com deficiência mental deverão comprovar a existência de um local de armazenamento seguro para armas, como cofre ou local com tranca. Caso o requerente ofereça informações falsas ou inconsistentes, o pedido será indeferido pela Polícia Federal.

A autorização para a posse de armas seguirá critérios objetivos – VERDADE 

Com a medida, a Polícia Federal não terá mais o poder discricionário de decidir quem pode e não pode ter acesso ao armamento. O processo de autorização seguirá apenas critérios objetivos. Poderão requerer a posse: integrantes da administração penitenciária e do sistema socioeducativo, envolvidos em atividades de polícia administrativa; residentes de áreas rurais; residentes de áreas urbanas com elevado índice de homicídios; titulares ou responsáveis legais de estabelecimentos comerciais e industriais; colecionadores; além de atiradores e caçadores registrados no comando do Exército. Essas pessoas deverão continuar a comprovar que têm mais de 25 anos, ocupação lícita, residência fixa, ficha limpa, não responder a processo criminal ou possuir ligações com grupos criminosos.

Cada cidadão poderá ter um número ilimitado de armas – MENTIRA

O decreto traz uma limitação de compra de quatro armas por pessoa. Quem comprovar a necessidade de ter uma quantidade maior, por ter mais de quatro propriedades, por exemplo, poderá solicitar a autorização.

A posse de arma é uma forma de garantir a legítima defesa – VERDADE 

O artigo 5º da Constituição prevê a inviolabilidade do direito à vida. A posse de arma, que já era uma alternativa prevista em lei, dá aos cidadãos a possibilidade de se proteger individualmente em situações em que as forças policiais não estejam presentes.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Diário Oficial da União 

Os grupos de whatsap e as rodas de conversas em Macaíba giram em torno do pleito de 2020. Faltando mais de 17 meses para campanha eleitoral municipal, o assunto principal nas conversas é sobre quem irá disputar a eleição para prefeito da cidade.

São muitas especulações e definições mesmo só a partir de abril de 2020.

Entrevista do governador do Ceará, Camilo Santana, após encontro com o  ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Wilson Dias/Agência Brasil

Agência Brasil – O governador do Ceará, Camilo Santana, pediu ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o reforço do apoio dado pelo governo federal no combate aos ataques promovidos por facções desde o início do mês no estado. A ofensiva teria começado em reação à nomeação do secretário de Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, e às medidas anunciadas como a não separação de presos em presídios por facção.

Santana solicitou mais 90 agentes penitenciários para as ações nos presídios do estado, além da manutenção da Força Nacional e dos agentes enviados pelo governo federal. No dia 4 de janeiro, o ministro da Justiça enviou inicialmente 300 homens, efetivo que foi acrescido de outros 106 dois dias depois.

“A gente foi fazer um diagnóstico da situação e solicitações de reforço de agentes penitenciários para as unidades prisionais do Ceará e a necessidade de manter, mesmo com a queda significativa das ações, o estado de alerta e monitoramento tanto das forças do estado quanto como também a presença da Força Nacional”, informou o governador do Ceará, após encontro com Moro.

Quanto ao prazo da presença da Força Nacional no estado, Santana disse que não houve acerto para a prorrogação. A permanência inicial definida foi de 30 dias, cujo encerramento seria no início de fevereiro. De acordo com o governador, a situação será avaliada até o fim desse período para ver se haverá necessidade de prorrogação.

Imagem relacionada

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL), pediu ao Supremo Tribunal Federal a suspensão da investigação criminal do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro contra o seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O pedido foi analisado pelo ministro Luz Fux e foi atendido.

No STF, Flávio Bolsonaro alegou ter foro privilegiado e solicitou a anulação das provas recolhidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). De acordo com o pedido, as informações colhidas pelo órgão estariam protegidas pelo sigilo bancário e só poderiam ser obtidas pelo MP com base  em decisão judicial.

 

PM/ASSECOM

Na manhã dessa quarta-feira (16), a Polícia Militar, através do 3º Batalhão, 4º Batalhão e do Batalhão de Policiamento de Choque – BPChoque, logrou êxito ao recuperar o veículo e a carga que haviam sido roubados de uma empresa especializada em entregas.

O Roubo aconteceu em Parnamirim, na Grande Natal, e a empresa vítima do roubo informou ao CIOSP que a carga possuía rastreamento. Em contato com as viaturas, foi indicado o local onde possivelmente estaria o material subtraído. As viaturas se deslocaram até a Travessa Campos Sales no conjunto Pajuçara, na zona Norte de Natal e ao chegarem ao local foram recebidas por disparos de arma de fogo por parte dos suspeitos. Os policiais revidaram a injusta agressão e no confronto Judson Dantas Francelino foi alvejado, vindo a óbito no Hospital Santa Catarina após ser socorrido, e Carlos Eduardo de Souza foi detido.

No Local, além do veículo tipo Kombi da empresa de entregas e da carga que nele se encontrava, os militares encontraram um Revólver da marca Taurus, cal.38 com 05 munições (02 deflagradas e 03 intactas), um veículo tipo Celta e uma motocicleta Honda CG150 (possivelmente usados na realização do assalto).

A guarnição fez a condução do suspeito detido e de todo material apreendido à Delegacia de Polícia Civil da cidade de Parnamirim para realização dos procedimentos cabíveis.

O “Alô Idema” sistema criado para receber denúncias ambientais do estado está com novo número. A partir desta quarta-feira, 06/07, a população poderá entrar em contato pelo 3232-7004 para fazer denúncias ou tirar dúvidas relacionadas ao meio ambiente.

O sistema foi criado em 2008 e tornou-se um forte aliado do órgão. Por meio dele, a população denuncia crimes ambientais e contribui com o trabalho do instituto, auxiliando na atuação dos técnicos responsáveis pela fiscalização no estado.

O “Alô Idema” faz em média 150 atendimentos por mês, entre recebimento de denúncias, dúvidas e outras informações solicitadas pela população. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h00 às 18h00. Através dele, as denúncias recebidas são encaminhadas para os técnicos que atuam na Coordenação de Fiscalização do Idema. O  órgão conta com o apoio da Companhia Independente de Policiamento Ambiental (CIPAM).

“Essa ferramenta é de grande importância no combate aos crimes ambientais. O meio ambiente é responsabilidade de todos e por meio do Alô Idema a população torna-se parceira do Instituto e consequentemente do estado do Rio Grande do Norte”, ressaltou Rondinelle Oliveira, Diretor-geral do IDEMA.

Carteira de trabalho

Marcello Casal/Arquivo/Agência Brasil

Agência Brasil – Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores começaram a receber o pagamento do sétimo lote do abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) 2018-2019, ano-base 2017. Podem receber o benefício os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro e os servidores públicos com final de inscrição 5. A estimativa da Secretaria do Trabalho do Ministério da Economia, é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos.

A partir de hoje (17), trabalhadores da iniciativa privada podem procurar a Caixa Econômica Federal. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-726 02 07. Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet ou pelo telefone 0800-729 00 01.

Os correntistas da Caixa Econômica Federal, instituição bancária responsável pelo pagamento do PIS (iniciativa privada), tiveram os valores depositados em suas contas nessa terça-feira (15).

Tem direito ao abono salarial ano-base 2017 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2017, teve remuneração mensal média de até 2 salários mínimos e seus dados foram informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado formalmente em 2017. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 998). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de R$ 84 – ou 1/12 do salário mínimo –, e assim sucessivamente.

Para os trabalhadores nascidos entre julho e dezembro, o Abono Salarial ano-base 2017 começou a ser pago em 2018. Os nascidos de janeiro a junho realizam o saque em 2019. O prazo final de recebimento para todos os trabalhadores favorecidos pelo programa é 28 de junho de 2019.

Reprodução/Redes sociais

Uma colisão frontal envolvendo um caminhão-baú e um Renault Duster na BR-304 matou três pessoas e uma ficou ferida na manhã desta quinta-feira, 17.

O acidente aconteceu nas proximidades da cidade de Lajes, na região Central potiguar. No local, morreram os três homens ocupantes do automóvel enquanto no caminhão estavam duas pessoas, o motorista ficou ileso e o passageiro com lesões leves.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 6h30, no Km 205. As vítimas ainda não foram identificadas.

Do Agora RN