Arquivo diário: terça-feira, outubro 23, 2018

Foto: Wallacy Medeiros / Agecom

O Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), por meio do Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE), continua com  inscrições  abertas até o dia 29 desse mesmo mês.

Serão ofertadas 720 vagas, distribuídas entre os polos de Natal, Mossoró, Caicó, Angicos e Pau dos Ferros. Podem participar do processo candidatos que estejam matriculados no Ensino Médio ou que ainda o estejam cursando, divididos nas faixas etárias estabelecidas no edital do processo seletivo. Conheça mais sobre os cursos técnicos do IMD no seguinte LINK.

Vagas

Do número total de vagas, 70% delas serão destinadas a alunos que tenham cursado o Ensino Fundamental inteiramente em escolas públicas. Dessa porcentagem, metade será reservada aos candidatos com renda familiar per capita  igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

As inscrições devem ser realizadas unicamente via internet, dentro do prazo estabelecido no edital do processo. Para efetuá-las, o candidato deve: acessar o endereço eletrônico da Comperve, disponível em www.comperve.ufrn.br, preencher corretamente e enviar o formulário de inscrição; além de imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU) e efetivar pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 30,00, até o dia 30 de outubro. As inscrições só serão efetivadas mediante confirmação, pela Comperve, do pagamento efetuado.

Polos

Cada candidato tem direito a uma inscrição em um dos cinco polos destacados no edital do processo, podendo escolher o local (qual polo) em que deseja realizar a prova. Para solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição, o interessado deve, até o dia 15 de outubro, acessar o site da Comperve e requisitar a isenção, presente no formulário de inscrição, e enviar eletronicamente o formulário preenchido. Recomenda-se imprimir o comprovante de dispensa de pagamento.

Para solicitar a isenção do pagamento o candidato deve estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), bem como ser membro de família de baixa renda. O deferimento da solicitação de dispensa de pagamento será divulgado em 23 de outubro, no site da Comperve.

Prova

A prova será realizada no dia 25 de novembro nas cinco cidades citadas no edital, tendo início às 8h. Os locais de realização dos testes serão publicados no site da Comperve a partir do dia 20 de novembro. A prova será objetiva, abordando cinco campos específicos do conhecimento: Criatividade e Inovação; Comunicação e Colaboração; Pesquisa e Gerenciamento de Informações; e Conceitos e Procedimentos em Tecnologia.

O resultado do processo está previsto para ser divulgado no dia 11 de dezembro no site da Comperve. A data e o local do cadastramento dos aprovados serão informados no “Edital de Cadastramento, Matrícula e Remanejamento”, a ser publicado no mesmo dia de publicação do resultado.

Para mais informações a respeito do processo, consulte o edital disponível no LINK.

Pesquisa Seta divulgada nesta terça-feira (23)  pelo Blog do BG aponta liderança de Fernando Haddad no Rio Grande do Norte. A pesquisa foi realizada entre 19 e 21 de outubro em todas as regiões do Estado e ouviu 1.300 eleitores. O índice de confiança é de 95% e a margem de erro, de 3%. O levantamento foi registrado sob o protocolo RN-0533/2018 e BR-04314/2018.

Fernando Haddad 43%

Jair Bolsonaro 39%

Ninguém, Branco ou nulo 14%

Não sabe, não respondeu 4%

Pesquisa Seta divulgada nesta terça-feira (23)  pelo Blog do BG aponta liderança de Fátima Bezerra na disputa pelo governo do Estado. A pesquisa foi realizada entre 19 e 21 de outubro em todas as regiões do Estado e ouviu 1.300 eleitores. O índice de confiança é de 95% e a margem de erro, de 3%. O levantamento foi registrado sob o protocolo RN-0533/2018 e BR-04314/2018.

Pesquisa estimulada

Fátima Bezerra 42%

Carlos Eduardo 38%

Ninguém, Branco ou nulo 14%

Não sabe, não respondeu 6%

Maior complexo esportivo público do nosso estado, a Vila Olímpica de Macaíba mais uma vez foi sede de modalidades dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (JERNS). Neste ano de 2018, foram três modalidades: Futebol (masculino), Luta Olímpica e Ginástica.

No Futebol, os resultados foram os seguintes, por categoria: Mirim Masculino: Campeão: E.E. Amaro Cavalcante – São Tomé; Vice: E.M. Nazaré Duarte – Goianinha; Terceiro: E.M. Luiz Moreira – Alto do Rodrigues. Infantil: Campeão: E.M. Nazaré Duarte – Goianinha; Vice: E.M. Francisco de Oliveira – Alto do Rodrigues; Terceiro: E.M. José Targino – Pedro Velho. Juvenil Masculino: Campeão: E.E. Severina Pontes – Japi; Vice-campeão: E.E. Guimarães Vasconcelos – Canguaretama; Terceiro: E.E. 26 de Março – Paraná.

Quanto à Luta Olímpica, Macaíba sagrou-se campeã geral com a Escola Municipal José Mesquita, situada na comunidade rural de Riacho do Sangue. Sobre a Ginástica, vale destacar que a Vila Olímpica tem uma das melhores estruturas do Região Nordeste para a modalidade e reuniu atletas das mais renomadas escolas de Natal.

Macaíba nos JERNS 2018

Em outras modalidades dos JERNS 2018 disputadas em Natal, estudantes de Macaíba se destacaram no Xadrez, com a medalha de ouro de Ingrid Beatriz e a de bronze de Radyja Amador. No Salto em Distância, Francisco Emerson ganhou medalha de prata, classificando-se para o campeonato brasileiro da modalidade em virtude de seu índice.

A Prefeitura de Macaíba continua investindo na qualificação profissional da população macaibense, criando novas oportunidades de geração de renda e de emprego. O projeto Capacita Macaíba é uma destas ações que está modificando a vida das trabalhadoras e trabalhadores do município.

Os resultados dos estudos e dos trabalhos de cada participante do projeto começam a aparecer, como na Semana Literária de Macaíba (SLIM 2018), realizada na última sexta-feira (19), na Praça Paulo Holanda Paz. As turmas do curso de Panificação apresentaram seus trabalhos. Pães, doces, salgados estiveram à venda para milhares de pessoas presentes no evento.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), o projeto atende 575 pessoas em 12 cursos gratuitos de qualificação profissional. Panificação, Mecânica de motos, Técnicas agrícolas, Operador de Caixa, Eletricista Predial, Pedreiro são alguns dos cursos oferecidos pela Prefeitura. As aulas são realizadas nas zonas urbana e rural de Macaíba e os estudantes participam de aulas teóricas e práticas.

Assecom

O prefeito de José da Penha, Dr. Raimundinho trocou nesta segunda-feira (22), o candidato do seu partido PDT, Carlos Eduardo pela candidatura da senadora Fátima Bezerra.

Dr. Raimundinho foi o único prefeito eleito pelo PDT de Carlos Eduardo em 2016. O deputado Raimundo Fernandes, que também desembarcou de Carlos Eduardo na semana passada, foi que levou o grupo do prefeito de José da Penha para engrossar a campanha de Fátima Bezerra na região do Alto Oeste.

Blog do BG

Agência Brasil – Apesar de figurar como um dos problemas mais citados por brasileiros em pesquisas recentes feitas pelo Ibope e Instituto Datafolha, a saúde parece ter perdido espaço nas entrevistas e discursos dos presidenciáveis.

Em seu plano de governo, Jair Bolsonaro (PSL) afirma que o Sistema Único de Saúde (SUS) não precisa de mais recursos e propõe mudanças no Programa Mais Médicos. Já Fernando Haddad (PT) defende maior financiamento público da saúde e o reforço do Mais Médicos. O único ponto em comum na plataforma de ambos é a adoção de um prontuário eletrônico que permita reunir o histórico do paciente, incluindo consultas realizadas, medicamentos prescritos e resultados de exames.

Jair Bolsonaro (PSL)

O candidato diz que, se eleito, a saúde será uma das três áreas consideradas prioritárias, acompanhada de educação e segurança. Bolsonaro avalia a situação atual do setor como “à beira do colapso” e diz que as ações planejadas terão como foco “eficiência, gestão e respeito com a vida das pessoas”. A bandeira defendida pelo partido é a de que é possível fazer mais com os recursos atualmente disponíveis.

“Abandonando qualquer questão ideológica, chega-se facilmente à conclusão de que a população brasileira deveria ter um atendimento melhor, tendo em vista o montante de recursos destinados à saúde”, destaca o plnao de governo do candidato, disponível no Tirbunal Superior Eleitoral (TSE). “Mesmo quando observamos apenas os gastos do setor público, os números ainda seriam compatíveis com um nível de bem-estar muito superior ao que vemos na rede pública.”

Prontuário Eletrônico

O chamado Prontuário Eletrônico Nacional Interligado, de acordo com o plano de governo, será o pilar da saúde. A proposta é que postos, ambulatórios e hospitais sejam informatizados com todos os dados de atendimento e que registrem o grau de satisfação do paciente ou responsável. O cadastro do paciente, segundo Bolsonaro, reduz os custos ao facilitar o atendimento futuro por outros médicos em diferentes unidades de saúde, além de permitir cobrar maior desempenho dos gestores locais.

Credenciamento de médicos

O candidato também propõe o credenciamento universal de médicos que, segundo ele, abriria caminho para que toda força de trabalho da saúde possa ser utilizada pelo SUS, “garantindo acesso e evitando a judicialização”. A estratégia permitiria às pessoas maior poder de escolha, compartilhando esforços da área pública com o setor privado. “Todo médico brasileiro poderá atender a qualquer plano de saúde”, cita o documento.

Mais Médicos e carreira de médico de Estado

Em relação ao Mais Médicos, o plano de governo prevê que “nossos irmãos cubanos serão libertados” e que suas famílias poderiam imigrar para o Brasil desde que os profissionais sejam aprovados no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeira (Revalida). Os médicos cubanos, segundo o candidato, passariam a receber integralmente o valor pago pelo governo brasileiro e que, atualmente, é redirecionado, via convênio com a Organização Pan-americana da Saúde (Opas), para o governo de Cuba.

Bolsonaro se compromete a criar o que chama de carreira de médico de Estado, no intuito de atender áreas remotas e com carência de profissionais – demanda antiga da classe médica e defendida fortemente por entidades como o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Médica Brasileira (AMB). Agentes comunitários de saúde, de acordo com o plano de governo, seriam treinados para se tornarem técnicos de saúde preventiva numa tentativa de auxiliar o controle de doenças como diabetes e hipertensão.

Gestantes

Há ainda a previsão de estabelecer, em programas neonatais, a visita de gestantes ao dentista, como alternativa para a redução de partos prematuros; e a inclusão de profissionais de educação física no programa Saúde da Família no intuito de ativar as academias ao ar livre como forma de combater o sedentarismo e a obesidade.

Fernando Haddad (PT)

Caso seja eleito, o candidato do PT diz que terá compromisso com o SUS e sua implantação total para assegurar a universalização do direito à saúde, fortalecendo a regionalização e a humanização do atendimento. Em seu plano de governo, Haddad cita diretrizes como aumento imediato e progressivo do financiamento da saúde; valorização dos trabalhadores; investimento no complexo econômico-industrial; e articulação federativa entre municípios, estados e União.

“O país deve aumentar progressivamente o investimento público em saúde, de modo a atingir a meta de 6% em relação ao PIB [Produto Interno Bruto]. Novas regras fiscais, reforma tributária, retorno do Fundo Social do Pré-Sal, dentre outras medidas, contribuirão para a superação do subfinanciamento crônico da saúde pública”, destaca o plano de governo, apresentado à Justiça Eleitoral.

Mais Médicos

Além do Mais Médicos, programas como Saúde da Família, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Farmácia Popular teriam, de acordo com o PT, “novamente” o apoio da União. O partido propõe também a criação de uma rede de Clínicas de Especialidades Médicas que articularia a atenção básica com cuidados especializados para atender a demanda de consultas, exames e cirurgias de média complexidade.

Em relação ao Mais Médicos, citado pelo partido como “ousada iniciativa para garantir a atenção básica a dezenas de milhões de brasileiros”, Haddad defende que o programa norteie novas ações de ordenação da formação e especialização de profissionais de saúde, considerado o interesse social, a organização e o funcionamento do SUS.

Regionalização

O candidato defende a regionalização dos serviços de saúde que, segundo ele, deve se pautar pela gestão da saúde interfederativa, “racionalizando recursos financeiros e compartilhando a responsabilidade com o cuidado em saúde”. Além disso, o partido propõe explorar ao máximo a potencialidade econômica e tecnológica do complexo industrial da saúde, de forma a atender as necessidades e especificidades do setor, reduzindo custos e aumentando eficiência.

Há ainda a previsão de integrar serviços básicos e especializados já existentes e criar novos, além de qualificar o cuidado multiprofissional e ampliar a resolutividade no setor. “Será implantado um eficiente sistema de regulação das filas para gerenciar o acesso a consultas, exames e procedimentos especializados, em cogestão com estados e municípios”, destaca o plano de governo.

Prontuário eletrônico

O candidato também se compromete a investir na implantação do prontuário eletrônico de forma universal e no aperfeiçoamento da governança da saúde. A proposta é estimular a inovação na saúde, ampliando o uso da internet e de aplicativos na promoção, na prevenção, no diagnóstico e na educação em saúde.