Arquivo diário: quarta-feira, janeiro 31, 2018

Na madrugada de hoje (31) foi registrado um arrombamento em um mercadinho localizado na avenida Jundiaí, em  Macaíba. Já passava de uma hora da madrugada quando o estabelecimento foi arrombado. Além do mercadinho uma garagem  vizinha ao prédio também teve objetos furtados, um botijão de gás além de dinheiro em espécie.

Câmera de videomonitoramento da prefeitura poderá ajudar a Polícia Civil a descobrir quem praticou o furto. O local onde ocorreu o furto fica bem próximo onde está instalada uma das câmeras.

PC/ASSECOM

Em mais uma ação para o fortalecimento da Segurança Pública, o governador Robinson Faria entregou 30 viaturas para a Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira, 31. Os veículos serão destinados a 27 delegacias municipais no interior do estado e três especializadas.

“Este é um trabalho constante de nosso governo. Estamos qualificando, treinando e investindo nas nossas polícias. Com essas viaturas novas, vamos melhorar o padrão de atendimento nas delegacias”, destacou o governador, realçando que estas viaturas são resultados de um contrato de locação firmado com recursos próprios.

O investimento beneficiará as delegacias municipais de Tangará, Taipú, Arês, João Câmara, Canguaretama, Goianinha, Touros, São Miguel do Gostoso, São Bento do Norte, Pedro Velho, Santana do Matos, Florânia, São Miguel, Angicos, Campo Grande, Umarizal, Upanema, Apodi, Assú, Baraúna, Caicó, Acari, Parelhas, Serra Negra do Norte, Luis Gomes, Martins e Marcelino Vieira.

Já as unidades especializadas contempladas estão em Mossoró: Delegacia Especializada em Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA), a Delegacia de Defraudações (DEFD) e a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM).

Edvaldo Marinho, Netinho França e Marcelo Augusto

No início da tarde de hoje (31), o vereador Netinho França tratou com o Secretário de Cultura Marcelo Augusto e com o Secretário de Desenvolvimento Econômico Edvaldo Marinho, sobre o bloco das virgens e o apoio da Prefeitura de Macaíba  ao evento. Netinho falou sobre o evento “o bloco das virgens é um bloco tradicional do nosso carnaval que ajudei a resgatar, além de ajudar a economia municipal no dia do evento, pois gera empregos indiretos, até sexta mais detalhes serão anunciados desse grande evento carnavalesco”.

 

No Centro Educacional (Ceduc) Pitimbú, jovens em processo de ressocialização assistidos pela Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac) iniciaram a atividade de  plantio de sementes para desenvolvimento de mudas. A atividade integra o Curso de Horticultor Orgânico ofertado pela Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

De acordo com o Coordenador Geral do Pronatec/EAJ- UFRN, professor João Inácio da Silva Filho, a meta é instaurar uma horta orgânica na unidade. “O curso de Horticultor Orgânico foi escolhido estrategicamente para a unidade do Ceduc Pitimbú, tendo em vista o potencial hídrico da região (a unidade é localizada próximo ao rio Pitimbú). Disponibilizamos sementes, materiais de proteção individual e todos os equipamentos necessários para que estes jovens possam desenvolver suas habilidades como horticultores e para que possa ser montada na unidade uma horta orgânica que será mantida pelos jovens”.

Em apenas uma semana de aula, os alunos já tiveram explanações teóricas sobre Introdução à Agricultura e plantio de sementes de cebola, cebolinha, couve-flor, pimentão, tomate cereja, maracujá, rúcula, alface e espinafre. As aulas são ministradas na unidade com o apoio de professores do Pronatec/EAJ- UFRN e educadores da Fundac.

Da Agência Brasil

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou ontem (30), no Rio de Janeiro, que o sistema de segurança pública no país está falido. Segundo ele, a situação chegou a tal ponto que facções estão no comando de ações criminosas praticadas por quadrilhas organizadas de dentro das penitenciárias. Jungmann participou de evento promovido pela Polícia Militar do Rio de Janeiro e o Viva Rio, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

“Este sistema vigente está falido, e o que estamos vivendo hoje é o feito, não apenas da falência, do desenho deste sistema, mas o feito de muitas outras razões. O crime se nacionalizou. Mais que isso, se transnacionalizou. Então, não é no espaço da unidade da Federação que vamos resolver o problema da grande criminalidade”, disse o ministro.

Jungmann ressaltou o fato de que, na Constituição de 1988, entre 80% a 85% das responsabilidade com segurança e ordem pública foram transferidas para os estados, restando ao governo federal apenas o controle das polícias Federal e Rodoviária Federal, que ficam encarregadas do controle das fronteiras e das ações contra crimes transnacionais e o tráfico de drogas.

“Há, sim, a influência da crise neste processo, da falta de recursos para serem canalizados para a segurança pública. E, também, porque não temos um fluxo estável de recursos orçamentários e financeiros para a área de segurança. O país passa por uma das maiores crises dos últimos 50 anos em termos econômicos e fiscais e a segurança pública mergulha com o país nesta crise”, acrescentou.

Superlotação nos presídios

O ministro destacou a crise enfrentada pelo sistema penitenciário, com superlotações de presídios e presos mantidos em situações adversas, como determinante para a falência do sistema e o avanço da criminalidade no país. “Em razão da incapacidade do Judiciário de julgar os processos, o sistema penitenciário brasileiro tem 30% a 40% dos presos provisórios e temporários em suas celas. Ninguém sabe hoje, de fato, qual é o tamanho da população carcerária do país. E quem acha que sabe está enganado”.

Para Jugnmann, foi nestes espaços que surgiram as grandes gangues: o PCC, o Comando Vermelho, Amigos dos Amigos, Sindicato do Crime, Terceiro Comando, Família do Norte. “Todos estes grupos criminosos, que surgiram dentro do sistema penitenciário e a partir do sistema penitenciário, controlam o crime nas cidades. Determinam ações criminosas e aterrorizam a população.

Lula e Marina Silva

Pesquisa Datafolha Pesquisa de intenção de votos da Datafolha divulgada hoje (31) pelo Jornal Folha de São Paulo mostra que tanto o ex-presidente Lula quanto a ex-senadora Marina Silva derrotariam Jair Bolsonaro em um segundo turno.

Veja simulação  de segundo turno

Cenário 1

Lula (PT) 49%

Bolsonaro (PSC) 32%

Cenário 2

Marina Silva (REDE) 42%

Bolsonaro (PSC) 32%

O Datafolha  ouviu 2.826 pessoas em 174 municípios, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR 05351/2018. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos para mais ou menos.

 

 

(Rovena Rosa/Agência Brasil)

Pesquisa de intenção de votos da Datafolha divulgada hoje (31) pelo Jornal Folha de São Paulo mostra liderança do ex-presidente Lula (PT). O Datafolha ouviu 2.826 pessoas em 174 municípios, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR 05351/2018. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos para mais ou menos.

Cenário sem Geraldo Alckmin e com João Doria

Lula (PT) 35%

Jair Bolsonaro (PSC) 17%

Marina Silva (REDE) 10%

Ciro Gomes (PDT) 7%

Alvaro Dias (Podemos) 4%

João Doria (PSDB) 4%

Fernando Collor (PTC) 2%

Manuela D’Ávila (PC do B) 1%

João Amoêdo (Novo) 1%

Paulo Rabello (PSC) 1%

Guilherme Boulos (Sem partido) 0%

Em Branco/Nulo/Nenhum 16%

Não Sabe 2%

Cenário com Geraldo Alckmin, Luciano Huck e Henrique Meirelles

Lula (PT) 34%

Jair Bolsonaro (PSC) 16%

Marina Silva (REDE) 8%

Ciro Gomes (PDT) 6%

Luciano Huck (Sem partido) 6%

Geraldo Alckmin (PSDB) 6%

Alvaro Dias (Podemos) 3%

Fernando Collor (PTC) 1%

Manuela D’Ávila (PC do B)  1%

Henrique Meirelles (PSD) 1%

João Amoêdo (Novo) 1%

Paulo Rabello (PSC) 1%

Guilherme Boulos (Sem partido) 0%

Em Branco/Nulo/Nenhum  14%

Não Sabe 2%

 

 

 

 

 

José Aldenir / Agora Imagens

O concurso da Polícia Militar foi suspenso pelo Governo do Rio Grande do Norte. O Ministério Público do Estado identificou irregularidades e entrou com mandado de segurança solicitando mudanças e republicação do edital em caráter de urgência. A suspensão foi publicada no Diário Oficial do Estado, que não informou quando o processo será retomado.

De acordo com o órgão investigador, o edital apresenta irregularidades no que se refere aos requisitos para investidura do cargo, o que infringe a Lei Complementar nº 613, que entra em vigor no próximo dia 4 de abril. Como o concurso ainda não estará encerrado nesta data, o MP apontou ainda que o edital não apresenta a aplicação de avaliação psicológica, já prevista na nova lei.

As inscrições para o certame começaram no dia 17 de janeiro e continuariam até 8 de fevereiro. Já a prova objetiva seria aplicada em 4 de março. O edital foi publicado no dia 16 de janeiro para uma prova que previa cinco etapas: prova objetiva, exame de saúde, exame de avaliação do condicionamento físico, investigação social e curso de formação).

Recurso

A determinação para a republicação do edital foi acatada pelo juiz Francisco Seráphico da Nóbrega Coutinho, da 6ª Vara da Fazenda Pública de Natal. O Governo, por meio da procurada-adjunta do Estado, Eloísa Guerreiro, informou que irá recorrer da decisão judicial. De acordo com a procuradora, somente após o resultado do recurso o Executivo irá se posicionar acerca do futuro do concurso da PM.

Informações do Agora RN 

EDB67CDF-7F43-453D-B37D-4714388B7619

A Prefeitura de Macaíba informa à população que o período de inscrições para este ano de 2018. Desta quarta (31/01) até a próxima sexta (02/02) serão feitas a renovação e revisão das inscrições dos alunos já matriculados. Os documentos do aluno necessários para renovação são cópias da carteira de identidade, certidão de nascimento, CPF, declaração escolar e uma foto 3×4. Os documentos dos responsáveis pelo estudante são cópias da carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

Com relação às inscrições para novos alunos, o período será da próxima segunda-feira (05/02) até a sexta-feira (09/02). A documentação a ser apresentada é a mesma mencionada para os que já são alunos da Escola de Música. Os interessados devem comparecer com seus pais ou responsáveis na Rua Doutor Pedro Matos, sem número (antiga sede da Igreja Universal do Reino de Deus), das 8h às 11h e das 13h30min às 16h30min.

O público-alvo da Escola de Música de Macaíba são os estudantes de 10 a 18 anos de escolas públicas. Aulas de flauta, violino, bateria, guitarra entre outros instrumentos são oferecidas pelo projeto que tem suas atividades realizadas no contraturno das aulas regulares dos estudantes. É indispensável que seja apresentada uma declaração escolar atualizada em todos os casos.

Assecom