Arquivo diário: domingo, Janeiro 28, 2018

Na tarde de hoje (28), um presidiário foi assassinado na comunidade de Barrinha, em Mossoró. De acordo com o Mossoró Hoje, a vítima tinha saído da penitenciária fazia cerca de 30 minutos quando foi assassinado. O preso foi identificado como Thalyson da Silva, a Polícia Militar isolou o local do crime e o Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) foi o responsável pela perícia e remoção do corpo.

 

Agência Brasil – No dia 29 de janeiro de 2014, passou a vigorar no Brasil a Lei Anticorrupção. A partir dela, empresas que praticam, por meio de empregados ou representantes, atos ilícitos contra a administração pública nacional ou estrangeira passaram a ser responsabilizadas e mesmo punidas com sanções administrativas. Ao longo desses quatro anos, o governo federal iniciou 183 processos contra empresas. Desses, 153 foram iniciados em 2017. Os inquéritos já resultaram na aplicação de 30 penalidades.

Os órgãos que mais utilizaram a norma para investigar grupos privados foram os ministérios da Fazenda, com processos 62, de Minas e Energia, com 42, e da Saúde, com 34. Em seguida, estão as pastas da Justiça e Cidadania, com 11, Ciência, Tecnologia e Inovação e Comunicações, com nove, Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com oito, e Educação, com seis. No fim da fila, Transportes, Portos e Aviação Civil, com cinco inquéritos, Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, com três, Desenvolvimento Social e Agrário, com dois, e Indústria, Comércio Exterior e Serviços, com um.

De acordo com a lei, também conhecida como Lei da Empresa Limpa, é da competência da Controladoria-Geral da União (CGU) a apuração, o processo e o julgamento dos atos ilícitos. Corregedor-Geral da União, Antônio Carlos Vasconcellos Nóbrega reconhece que o número não é elevado, o que para ele está atrelado sobretudo ao fato de a lei ainda ser recente e também devido ao recorte temporal, pois a regra só vale para atos ilícitos praticados depois de sua entrada em vigor.

Aprimoramento

O corregedor afirmou, contudo, que há “uma tendência de crescimento, como vimos ocorrer em 2017”, ano que registrou 83,6% do total até aqui. “Esse número do governo federal representa que, de fato, a lei pegou e está sendo aplicada. É um trabalho constante e que está sendo aprimorado”, acrescentou. Nesse sentido, o órgão também trabalha na capacitação de servidores que atuam diretamente nos processos.

Saiba mais

Conforme já explicitado na Resolução da CEN, aprovada no dia 25 de janeiro, “Com Lula e com o povo até a vitória em outubro”, não recuaremos diante das injustiças e perseguições a Lula, materializadas no acórdão descabido e inconstitucional do TRF4 que o condenou. Muito pelo contrário, cumpriremos, cada vez mais, nosso papel histórico de defender a democracia, o povo brasileiro e a justiça social. A partir de agora estamos EM ESTADO PERMANENTE DE MOBILIZAÇÃO!

Para tanto, é preciso que as direções partidárias concentrem todas as energias e esforços para a mobilização e conscientização popular sobre o grave momento por que passa nosso país, aglutinando forças com os partidos de centro esquerda e com todas as forças progressistas e populares da sociedade, em especial com as Frente Brasil Popular e Frente Povo sem Medo.

Leia na íntegra nota do partido.

Resultado de imagem para luiz gomes pen

O advogado Luiz Gomes, ex-presidente do então  Partido Ecológico Nacional (PEN) e hoje Patriota, foi reconduzido para o comando da sigla. De acordo com o Portal Agora RN, ontem (27) dirigentes da sigla se reuniram em Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo para discutir os rumos da sigla, na oportunidade foi confirmada a recondução do advogado Luiz Gomes à presidência regional do partido no estado do Rio Grande do Norte, com total autonomia para fazer a condução política do partido no estado.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área interna

Fotos: Assessoria

A Rede Sustentabilidade realizou, na tarde deste último sábado (27), sua Plenária Estadual. Na ocasião o partido indicou os nomes do guarda civil João Napoleão e do professor Hérbert Viana, como pré-candidatos ao Senado Federal, nas eleições desse ano.

Durante a reunião, também foram apresentados os nomes dos filiados e simpatizantes que pretendem lançar candidaturas à Câmara Federal e Assembleia Legislativa pelo partido. Em breve, a REDE-RN irá anunciar se lançará chapa própria para o Governo do Estado. Para Freitas Júnior, Porta-Voz Estadual da REDE-RN, Napoleão e Hérbert Viana possuem os pré-requisitos para que o partido apoie e defenda seus nomes na disputa que se aproxima. “Napoleão e Hérbert possuem todos os atributos que os credenciam a entrar na disputa para honrarem o Rio Grande do Norte no Senado Federal. ”, destacou.

Dona Rosa, Prof. Herbert Viana, Freitas Júnior e João Napoleão

Durante a Plenária, também foi definido o apoio irrestrito à pré-candidatura de Marina Silva para a presidência da República. No plano estadual, a REDE-RN fará um planejamento de ações para tornar o partido uma alternativa à polarização entre os que comandam a política potiguar há décadas e colocaram o Rio Grande do Norte na situação crítica em que se encontra atualmente. “A REDE vai mostrar o seu diferencial com ideias, atitudes e pessoas honradas que não fazem política de forma arcaica e irresponsável como as oligarquias que se revezam no poder há várias décadas”, acrescentou Rosângela Silva Porta-Voz da REDE-RN.

Diante de filiados e simpatizantes, a plenária também discutiu a conjuntura nacional e estadual e definiu a escolha de Cristiano Manoel, filiado na REDE em Caicó, como delegado e representante do partido no próximo Congresso Nacional da REDE, que será realizado em Brasília, ainda no primeiro semestre.

Já foi dado início a movimentação de algumas figuras políticas de Macaíba pensando em 2020. Pode anotar aí, três mandatários estarão divulgando com frequência “ações” de seus mandatos. O objetivo é chegar ao Poder Executivo.

DETRAN/RN

A Praia da Pipa recebeu neste final de semana o comando de educação e conscientização para o trânsito do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). As ações educativas percorreram as ruas mais movimentadas da área urbana onde foram abordados motoristas, motociclistas e pedestres, que receberam informações importantes sobre medidas de segurança no tráfego, orientações sobre a não utilização de celulares enquanto dirige, proibição da circulação de veículos na faixa de areia de praia e o alerta de se beber não dirigir.

Os técnicos do Detran atuaram em parceria com os servidores do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) que orientaram os condutores a evitar poluir as praias, principalmente com o descarte de lixo na faixa de areia. Nessa situação, foram distribuídas lixeirinhas automotivas com a logomarca da campanha educativa de trânsito #CurtoDirigirBem, que vem sendo divulgada pelo Detran em todo o Estado.

Um ponto alto da ação organizada pela Coordenadoria de Educação e Fiscalização de Trânsito do Detran (Coefi), foi a utilização do teatro educativo do Órgão, contando com o apoio de atores fantasiados e de uma charanga que animou o percurso e as atividades desenvolvidas com paródias de canções populares, onde as letras abordam informações importantes de segurança, respeito e gentileza no trânsito.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, lembrou que as blitzen educativas buscando conscientizar condutores e pedestres vêm sendo intensificadas no litoral do Estado desde dezembro do ano passado. “Nesse período do ano o tráfego no litoral se torna intenso, então a preocupação do Governo do Estado em preservar vidas se volta mais intensamente para essa área com a realização de blitzen educativas, alertando e orientando o condutor, como também com a fiscalização punitiva nos casos em que o motorista insiste em desrespeitar as normas de trânsito colocando vidas em perigo”, comentou.

Durante as atividades, diversos veículos foram adesivados com o slogan da campanha educativa do Detran e folders informativos foram distribuídos com condutores e pedestres que circulavam na Praia da Pipa.

Assessoria de Comunicação Detran/RN