Arquivo diário: sábado, Janeiro 13, 2018

Resultado de imagem para rosalba ciarlini

A Prefeitura de Mossoró anunciou, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, que este ano de 2018 não vai realizar festejos de Carnaval entre os dias 10 e 14 de fevereiro. A medida se dá devido à insegurança no Estado e à crise financeira.

De acordo com a prefeita Rosalba Ciarlini, a prioridade do governo municipal neste momento é o pagamento em dia dos servidores e a atualização da folha das empresas terceirizadas. “Acreditamos que os mossoroenses vão entender que temos obras que estavam paralisadas que precisam ser entregues, melhorias na Saúde e na Educação a serem executadas, além, é claro, do pagamento dos servidores em dia”, destacou.

O secretário de Cultura, Eduardo Falcão, afirmou que o município já trabalha em cima do Mossoró Cidade Junina. “O orçamento do município para a Cultura em 2018 ainda não foi aberto. Esse também é um dos motivos pelos quais não viabilizamos os festejos de Carnaval para este ano, no entanto, já estamos trabalhando nas ideias para um grande Mossoró Cidade Junina”, disse.

Agência Brasil – As articulações em torno da reforma da Previdência devem se intensificar nos próximos dias à medida que alguns líderes partidários estão voltando do período de férias e se aproxima a data da votação da matéria no plenário da Câmara. A notícia do rebaixamento da nota de investimento do Brasil reacendeu o debate e deve reforçar os argumentos da equipe favorável à reforma.

Com o recesso do Congresso Nacional até fevereiro, quando está previsto o início do debate da reforma no plenário da Câmara, muitos parlamentares estão se movimentando em seus estados para angariar os votos necessários para aprovar a proposta. A estratégia envolve encontro com governadores, prefeitos e outras autoridades locais com o objetivo de aproximar o debate da reforma das bases eleitorais dos deputados.

Em Brasília, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, tem se reunido desde o início do ano com vários parlamentares para definir as próximas estratégias de articulação em busca dos votos para aprovar a reforma. Responsável pela articulação política do governo, Marun disse à Agência Brasil que a reforma da Previdência “está em todos os diálogos” da agenda da equipe de governo e o clima em torno da reforma tem melhorado e se tornado mais “favorável”.

Por se tratar de uma emenda constitucional, são necessários pelo menos 308 votos favoráveis entre os 513 deputados para ser aprovada, em dois turnos. Desde o fim do ano passado, os principais articuladores da base governista tem evitado comentar o número atual de votos já conquistados em prol das mudanças na Previdência. Segundo líderes governistas, a contabilidade dos votos deve ser fechada com mais precisão no início de fevereiro, quando as lideranças já estarão em contato mais direto com as bancadas.

Grau de investimento

Na visão dos líderes governistas, a redução da nota de crédito do Brasil por uma agência internacional de classificação de risco gerou um “impacto preliminar” na motivação dos parlamentares. “Isso melhora na narrativa para nós que defendemos [a aprovação da reforma”, disse o líder da maioria na Câmara, Lelo Coimbra (PMDB-ES), que completa: “agora é torcer pra gente reunir a tropa, né? Não é tropa de choque, é tropa de convencimento”.

O presidente Rodrigo Maia também acredita que a avaliação negativa do país pode contribuir para convencer os parlamentares. Já para o ministro Marun, a notícia do rebaixamento do grau de investimento do Brasil ajuda na conscientização da sociedade e consequentemente dos parlamentares, mas “a notícia em si não vai trazer votos”.

“A consciência de que nós temos que reformar a Previdência já é consolidada. Claro que eu vejo a notícia do rebaixamento como ruim, porque não deixa de corroborar o que nós estamos afirmando: que o Brasil precisa reformar sua Previdência pra ter a perspectiva de um futuro de menos incerteza e de mínima prosperidade”, disse Marun.

O ministro disse que esta semana ainda não deve ter nenhuma grande reunião em Brasília sobre o assunto, pois ele e outros articuladores, como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), estarão fora da capital.

Marun foi convidado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para participar de um evento na terça-feira (16), na capital paulista, para falar sobre a situação macroeconômica do Brasil. O evento é organizado por um grupo de profissionais favoráveis às mudanças na legislação previdenciária e deve contar com a participação de vários líderes governistas.

Rodrigo Maia embarcou neste sábado (13) para os Estados Unidos, onde tem extensa agenda marcada com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterrez, empresários e parlamentares norte-americanos. Maia viajou com outros quatro deputados e voltará para o Brasil na sexta-feira (19).

946712AA-687E-4C94-819A-FE1F63A059F2

Foto: Jair Macedo

Neste sábado (13), o  Comitê em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato estiveram realizando uma panfletagem em favor do ex-presidente Lula. O evento aconteceu na praça Augusto Severo, no centro de Macaíba, que  contou com a participação de filiados do Partido dos Trabalhadores (PT) que estão em uma campanha nacional para que o ex-presidente possa disputar o pleito deste ano.

O ex-presidente Lula poderá não concorrer a eleição deste ano, caso sua condenação seja mantida na segunda instância da justiça federal. Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro no processo que  refere-se ao apartamento  tríplex no Guarujá. A condenação foi de nove anos e seis meses de prisão em regime fechado.

Julgamento na segunda instância acontecerá no próximo dia 24, em Porto Alegre. Não será necessário o ex-presidente estar no julgamento. É esperada uma certa mobilização contra e favor de Lula em Porto Alegre no dia do julgamento.

Na noite de ontem (12) foi registrado um homicídio na zona rural de Macaíba. Um homem ainda sem identificação foi assassinado no distrito de Cana Brava. Este foi um dos treze assassinatos que ocorreram nas últimas vinte e quatro horas no Rio Grande do Norte.

Sobre este assassinato em Macaíba ainda não existe informações detalhadas do que aconteceu para resultar no assassinato. Conforme os procedimentos de praxe, o Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) foi acionado, onde realizou perícia no local do crime e removeu o corpo para sede do instituto.

Léo Cabral

Léo Cabral

Rede – Em sua coluna na Folha, o jornalista Celso Rocha de Barros destacou a discussão recorrente sobre uma alternativa de centro na eleição de 2018. Para ele, “houve alguma malandragem na construção dos termos do debate”. Segundo Celso, “as listas de possíveis candidatos de centro só incluem candidatos mais ou menos na órbita do PSDB; quase não se discute Marina Silva, por exemplo, que é quem mais claramente tem uma posição moderada na política brasileira atual.”

Leia na íntegra

A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna

Em uma publicação no Facebook, a Secretária Estadual de Educação do Rio Grande do Norte, Claúdia Santa Rosa,  afirmou que autorizou abertura de dezenas de processos contra professores que não estaria indo trabalhar e pagando a terceiros para cumprir o expediente.

Veja o que escreveu Claúdia Santa Rosa.

Hoje tive de autorizar o prosseguimento e/ou a abertura de dezenas de processos que, infelizmente, há quase 100% de chances de resultarem em demissões de professores, alguns em estágio probatório. Explico: com a conivência de gestores (também responderão com as mesmas chances de demissão) e dos que trabalham nas respectivas escolas, esses professores pagam entre R$ 800,00 e 1.000,00 por um mês de trabalho para pessoas os substituírem, por meses e anos. Grave, gravíssimo! Não preciso dizer o enquadramento legal e moral em um país imerso em investigações de corrupção e lesão dos bens públicos. A legislação é severa. Lamento!
Estou divulgando para que a população tome conhecimento e, se há outros casos, os envolvidos corrijam em tempo. Todos precisamos abraçar a escola 

DIVULGAÇÃO

No Bosque Encena desse domingo (14), teremos Bisteca e Bochechinha com o espetáculo “A Alegria Chegou”, no Anfiteatro Pau-brasil, às 10h.

Com uma proposta inovadora, pedagógica e divertida, a dupla conquistou as famílias potiguares, tornando-se um ícone quando se fala em entretenimento infantil no Rio Grande do Norte. Com CD e DVD lançados, os palhaços reúnem música, dança, teatro, circo e muito humor em um único show, usando uma linguagem saudável, que desperta a criatividade e estimula o pensamento das crianças.

Ainda no domingo, às 16h, o mesmo anfiteatro recebe o projeto Som da Mata com a banda Retrigger do belorizontino Raul Costa.

Na estrada desde 2001 com sua produção que passa por misturas entre vanguardas experimentais, música eletrônica dançante, referências sessentistas, o punk e a música popular.

Entre referências dissonantes, a Rerigger faz uma colagem antropofágica ora futurista e fragmentada, ora nostálgica e dançante. Apresenta-se ao vivo com laptops, joysticks e instrumentos musicais como theremin e sintetizadores.

Os projetos Bosque Encena e Som da Mata acontecem graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro do CEI Romualdo Galvão, Potiguar Honda, Intercity Hotels e Unimed Natal, além do apoio do Governo do Estado através do Idema que cede o espaço onde acontece o evento.