Arquivo diário: quinta-feira, Janeiro 11, 2018

Divulgação

Nesta quinta-feira (11), Ceyça Lima foi entrevistada na rádio 87 FM Macaíba, no Programa A Voz da Comunidade. A presença de Ceyça Lima foi para falar do grupo Anjos da Madrugada. Durante a entrevista Ceyça Lima informou aos ouvintes que o grupo atua na cidade desde 2013, onde esse trabalho teve início a partir da união de membros da Igreja Universal e que saem pelas ruas do centro da cidade em busca de ajudar pelo menos uma vez por semana pessoas que estão em vulnerabilidade social.

Grupo Anjos da Madrugada volta com trabalho voluntário nas ruas do centro de Macaíba

Sérgio Henrique Santos/ Inter TV Cabugi

Um sargento aposentado da Marinha do Brasil, identificado como José Cláudio Bastos, de 57 anos, foi assassinado a tiros na noite desta quarta-feira, 10. A vítima estava em sua granja, localizada na zona rural do município de São Gonçalo do Amarante, quando aconteceu o crime.

De acordo com informações da Polícia Civil, o sargento estava no lado de fora, observando um serviço feito no muro da residência, quando cerca de três homens armados chegaram ao local, invadindo o ambiente e efetuando os disparos.

Assustado, o militar correu e tentou se esconder atrás de uma árvore, porém, foi encontrado e morto pelos criminosos. Uma arma de fogo que pertencia ao sargento foi levada pelos homens.

A granja teria sido adquira há três anos atrás por José, que residia em Natal, mas passava seu tempo livre no local. De acordo com informações dos familiares, recentemente o homem teria sofrido uma tentativa de homicídio e construía o muro na granja por segurança.

As autoridades foram acionadas e buscas efetuadas pela região, porém, nenhum suspeito foi detido. A Polícia Civil irá investigar o caso.

Informações do Agora RN

SESED/ASSECOM

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) receberá, nas próximas semanas, o incremento de mais viaturas para as policiais do Estado. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (11), durante coletiva de imprensa na sede da Sesed, no Centro Administrativo.

A secretária da Segurança do Estado, Sheila Freitas, explicou que esta semana o Rio Grande do Norte já recebeu 107 novas viaturas, sendo 57 para a Polícia Civil – com recursos do Governo Cidadão – e 50 para a Polícia Militar, por meio de um aditivo de contrato. Parte desses veículos já está sendo utilizada nas ruas, enquanto os demais estão em fase final de colocação de equipamento. Inicialmente, esses carros serão distribuídos em Natal e Região Metropolitana, além de Mossoró.

A titular da Sesed ainda lembrou dos convênios já firmados com o Tribunal de Justiça, que garantirá 23 novas viaturas para a Polícia Militar e com a Assembleia Legislativa do RN – serão mais 50 veículos. “Estamos esperando Também temos um convênio com a Senasp com recursos de aproximadamente R$ 5 milhões, direcionados apenas para a PM. São 50 viaturas SUV, 27 motocicletas e 25 tablets. Falta apenas a assinatura do secretário nacional de segurança para que o Governo do Estado deposite a contrapartida de R$ 300 mil e receba o investimento”, explicou Sheila.

Sobre as questões estruturais de delegacias e batalhões, além de equipamentos para os policiais, a secretária afirmou que o Estado está para receber cerca de R$ 100 milhões em recursos federais e que a destinação desses valores será discutida com as associações representativas das forças de segurança. “Em breve sairá um decreto, onde vai determinar que as associações policiais possam se reunir com periodicidade com o Governo para discutir onde os recursos podem ser melhor empregados”.

A Sesed também recebeu investimentos oriundos do Governo Cidadão. Foram R$ 64 milhões que, dentre outras coisas, foram utilizados no Centro integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), com a implementação da nova rede de logística, com o incremento de 150 câmeras para Natal e Grande Natal, além da aquisição de 57 viaturas descaracterizadas para a Polícia Civil.

Aws4 request&x amz signedheaders=host&x amz signature=5ceab7747d259c747e181853292caf510dabafaa2bb28f04c34447bbe742990c

Em ação realizada na última terça-feira (9), 31 alunos do Pronatec/EAJ-UFRN realizaram visita técnica às dependências da Escola Agrícola de Jundiaí. Os alunos do curso de Auxiliar Administrativo visitaram os setores da Instituição aprimorando a formação ministrada em sala de aula.

De acordo com o professor Daniel Salustiano, a visita tinha como objetivo apresentar o corpo administrativo do Pronatec/EAJ/UFRN, as instalações da EAJ, bem como as formas de ingresso como aluno.
Ao longo da visita, os alunos dos cursos do curso de Auxiliar Administrativo visitaram a Diretoria, a Estação de Aquicultura, o setor de suinocultura, o pomar e o açude.

“Quando a EAJ sai de seus muros levando capacitação profissional e transformação social para jovens como estes, estamos desenvolvendo um importante papel para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte. É uma grande satisfação apresentar a Escola Agrícola de Jundiaí a esses jovens”, apontou a Supervisora do Pronatec/EAJ-UFRN, Dalvanisa Rodrigues.

Durante a visita os alunos foram acompanhados pelo Técnico Agrícola, Gean Carlos.

Depois de toda a ansiedade da preparação para o exame, realização das provas, conferência dos resultados e euforia da aprovação, chegou a hora de os candidatos que lograram êxito no processo seletivo para os cursos técnicos de nível médio vincularem-se efetivamente ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte. Os estudantes deverão comparecer a diretoria acadêmica responsável pelo seu curso entre os dias 10 e 12 de janeiro, em horários pré-estabelecidos no Anexo VI do Edital 39/2017 – Proen/IFRN.

A matrícula poderá ser realizada por responsável legal ou por representante legal munido de procuração com firma reconhecida, para candidatos menores de 18 anos; ou ainda, pelo próprio candidato, quando maior de 18 anos. É importante ficar atento à documentação que deve ser apresentada no ato da matrícula:

– 02 (duas) fotos 3×4 (recentes e iguais);

– Carteira de identidade (cópia acompanhada do original);

– Cadastro de Pessoa Física (CPF) (cópia acompanhada do original);

– Cópia da Certidão de Casamento ou Nascimento;

– Título de Eleitor, no caso dos maiores de 18 anos (cópia acompanhada do original);

– Certificado de Alistamento Militar, de Dispensa de Incorporação ou de Reservista, no caso dos maiores de 18 anos do sexo masculino (cópia acompanhada do original);

– Certificado de conclusão do Ensino Fundamental (cópia acompanhada do original);

– Parecer de equivalência de estudos da Secretaria Estadual de Educação, para os aprovados que realizaram estudos equivalentes ao Ensino Fundamental, no todo ou em parte, no exterior;

Como documento complementar, todos os candidatos aprovados deverão apresentar Carteira de Vacinação atualizada (cópia acompanhada do original). Candidatos beneficiados pelo Sistema de Reserva de Vagas que declararam ter cursado integralmente o ensino fundamental em escolas públicas também devem entregar, no momento da matrícula, histórico escolar do ensino fundamental (cópia acompanhada do original), sob pena de perda da vaga.

É importante lembrar que aqueles que procederem a sua pré-matrícula no período estabelecido serão eliminados do processo seletivo.

Acesse:

Edital 39/2017

A imagem pode conter: 1 pessoa, telefone

A Rede Sustentabilidade no Rio Grande do Norte trabalha nos bastidores para apresentar candidatos para a disputa eleitoral de 2018. Um dos nomes avaliados pela agremiação é o do guarda civil João Napoleão, que tem recebido o apoio da militância para disputar uma das vagas que estarão em jogo no Senado Federal.

O convite para que Napoleão seja candidato foi feito pessoalmente pelo porta voz estadual da Rede no RN Freitas Júnior. “Acreditamos que Napoleão possui todas as qualificações e o conhecimento necessário para representar o nosso partido na disputa que se aproxima”, afirmou.

Além de Freitas, um dos entusiastas para que João Napoleão se candidate é o Advogado e pré-candidato a deputado estadual Alisson Taveira. “Não tenho dúvidas de que Napoleão é o nome certo para representar o Rio Grande do Norte no Senado e que, através dele, vamos poder ter a renovação que tanto esperamos na política potiguar”, apontou.

 

Agência Brasil – O Exército abriu Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar o desaparecimento de munição da 2ª Companhia de Suprimento, localizada no município de Maranguape, na região metropolitana de Fortaleza.

Em nota, o Comando da 10ª Região Militar, informa que o sumiço foi constatado em vistoria realizada no dia 29 de dezembro de 2017 em um dos paióis da companhia.

“Foram constatadas divergências quantitativas entre a existência física e o Sistema de Controle Físico (Siscofis), instrumento de controle sistemático vigente em todo o território nacional que permite a gestão contínua de todo o material controlado do Exército Brasileiro”, diz a nota.

O Inquérito Policial Militar foi instaurado no 10º Depósito de Suprimento, ao qual a 2ª Companhia de Suprimento é subordinada, e as investigações contam também com a colaboração da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS).

O Comando da 10ª Região Militar não informou o tipo nem a quantidade de munição que desapareceu, como não disse se houve prisões. A assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança declarou que não se pronuncia sobre o caso.

 

Os servidores do Governo do Estado iniciaram esta quinta-feira (11) protestando contra o reajuste fiscal enviado pelo Governador Robinson Faria (PSD) para Assembleia Legislativa. Entre as medidas que o governo pretende adotar no corte de gastos estão a demissão de servidores e aumento da contribuição previdenciária. Hoje os servidores contribuem com 11% de seus salários para previdência do Estado, o  governo quer aumentar essa contribuição para 14%.

Em um vídeo divulgado na noite desta quarta-feira (10), o governador Robinson Faria detalha o pacote de recuperação fiscal do Rio Grande do Norte, o RN Urgente. O chefe do Executivo estadual contextualiza a situação da grave crise por qual passa o Brasil, com reflexos na economia das federações, ocasionadas em grande parte por quedas de repasses federais e consequente frustração de receita, degradada também por 8 anos de seca.

No conteúdo, Robinson Faria explica que o maior pacote de ajuste fiscal da história, que será votado nesta quinta-feira (11), em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa, convocada pelo governador, são “fortes e necessárias” para reequilibrar as finanças do RN. Dentre as iniciativas estão o enxugamento da máquina pública, redução do custeio do Executivo, venda de ativos e ajuste da Previdência estadual.

“Estamos iniciando o maior pacote de ajuste fiscal da história do Rio Grande do Norte, o RN URGENTE. Uma série de medidas fortes e necessárias, para reequilibrar as finanças do Estado. Este pacote de medidas será votado em convocação extraordinária pela Assembleia, que, eu tenho certeza, que não se negará a nos dar o apoio que a sociedade precisa para as medidas terem efeito. E espero o mesmo espírito público de todos os poderes constituídos do Rio Grande do Norte”, declarou o governador.

Robinson continuou adiantando quais os prejuízos de uma não aprovação do pacote. “Se nada for feito, a despesa primária do estado seguirá em trajetória explosiva. É urgente que se tome todas as medidas para resolver a situação. Não podemos mais esperar. Em vez de olhar pra trás, temos de resolver o problema. Este pacote de medidas é bastante amplo. Nós vamos enxugar o Estado, e fazer a despesa caber dentro da receita”, garantiu.

“O desequilíbrio financeiro do estado não vem de hoje. Ele é consequência de um problema estrutural que vem crescendo ao longo de décadas, agravado drasticamente pela crise nacional dos últimos três anos, que derrubou as receitas e pela seca de 7 anos. Estamos trabalhando todos os dias pra resolver a questão dos salários. Ninguém pode imaginar que a gente não paga por que não quer. Isso não existe. A gente não paga por que não tem dinheiro. E o motivo estou explicando aqui, e apontando as soluções. Temos uma equipe competente e sabemos como sair do problema”, concluiu.