Arquivo diário: domingo, dezembro 31, 2017

O ano de 2017 chega ao fim revelando um recorde histórico para o Museu Solar Ferreiro Torto, em Macaíba. O local recebeu alcançou pela primeira vez em sua história um número maior do que 10 mil visitas anuais, mais precisamente 10.382 visitantes até a data de ontem, 27 de dezembro, de acordo com dados informados pelo secretário municipal de Cultura e Turismo, Marcelo Augusto Bezerra.

A maioria dessas visitas deve-se às caravanas escolares vindas de cidades vizinhas, incluindo a capital potiguar – Natal – e de diversas outras partes do Rio Grande do Norte, como o Seridó e a Região Oeste. Em seguida, vem o público da terceira idade. Outra parcela significativa é a dos profissionais de fotografia, relatou o secretário Marcelo.

Para 2018, Marcelo Augusto explicou que a sua pasta pretende ofertar cursos de qualificação para guia turístico, capacitando os funcionários que trabalham no local para atender a crescente demanda de público. Também serão formados guias-mirins em parceria com o 138º grupo de escoteiros Augusto Severo, que tem sede no local.

É importante frisar que, a partir de amanhã (29/12), o Solar Ferreiro Torto entra em recesso para visitações, retornando à sua rotina habitual no próximo dia 09 de janeiro.

“É uma satisfação muito grande para a Prefeitura de Macaíba ter batido esse recorde de mais de 10 mil visitantes no ano de 2017. E para 2018, as ações traçadas e planejadas junto com Dr. Fernando, nós vamos cada vez mais incrementar e, certamente, aumentar esse número. Essa é a tendência, pois sabemos de sua importância, já que ali é um sítio arqueológico, um marco zero da colonização de Macaíba e também o segundo engenho da então capitania do Rio Grande. Então, temos muita história para contar.”, declarou Marcelo Augusto.

Assecom

Da Agência Brasil

Policiais militares e civis e do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte que incentivarem a continuidade da paralisação dos serviços de segurança pública no estado poderão ser presos. A determinação é do desembargador Claudio Santos, do Plantão Judicial do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em nota divulgada hoje (31) pela assessoria de imprensa do tribunal.

De acordo com a decisão, os responsáveis pelas polícias Militar, Civil e pelo Corpo de Bombeiros devem efetuar “a prisão em flagrante de todos os integrantes ativos e inativos da segurança pública, que, a partir da publicação da decisão, promovam, incentivem, estimulem, concitem ou colaborarem, por qualquer meio de comunicação, para a continuação da greve no sistema de segurança pública do RN, pelo cometimento de crimes de insubordinação, motim (PM) ou desobediência”.

Ele acrescenta que as autoridades deverão abrir processos administrativos para investigar a responsabilidade por “eventuais crimes, seja de motim, insubordinação e/ou desobediência”. O desembargador dá prazo máximo de 30 dias para a conclusão dos processos, cabendo à secretária estadual de Segurança Pública, delegada Sheila Freitas, acompanhar “pessoalmente a efetivação das medidas”.

Claudio Santos decidiu ainda que o secretário estadual de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira, deverá pagar os salários atrasados de todos os servidores do estado, especialmente dos policiais na próxima terça-feira (2). No documento, o desembargador determina ainda que as empresas de transporte público urbano ou intermunicipal concedam gratuidade de passagens para policiais civis e militares.

As ações de fiscalização na orla potiguar começam a ser intensificadas pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). Somente da quarta-feira (27) até o sábado (30) as equipes da Subcoordenadoria de Fiscalização do Detran, juntamente com policiais do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), percorreram a faixa de praias que vai da Redinha Nova até São Miguel do Gostoso, no litoral Norte do Estado.

A fiscalização focou o trabalho no sentido de coibir a circulação proibida de veículos na orla, no sentido de evitar ocorrências de acidentes envolvendo banhistas que estão utilizando as praias. A medida também abordou condutores para checar a documentação dos motoristas e veículos, como ainda a prática de estacionamento irregular sobre faixas de pedestres ou pontos proibidos pela sinalização viária.

A fiscalização flagrou vários condutores insistindo em circular com seus veículos na faixa de areia de praia, colocando em perigo a integridade física dos banhistas. Nessa situação, o motorista infrator é autuado no artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sendo a infração de natureza média, com perda de quatro pontos na CNH e multa no valor de R$ 130,16, podendo o veículo ser apreendido, caso o condutor não respeite a determinação do agente de retirada do automóvel da área proibida de circulação.

No total, as equipes efetivaram 19 autuações de condutores por desrespeito ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB). As medidas preventivas de educação e fiscalização de trânsito estão sendo e intensificadas pelo Detran em toda a orla do Rio Grande do Norte e vão seguir dessa maneira durante toda a Operação Verão organizada pelo Governo do Estado.

Assessoria de Comunicação Detran/RN

01778851-F5AD-4742-AA24-5445F4AFA388

Reprodução

Neste último domingo (31) do ano de 2017, está grande a movimentação da população nos supermercados de Macaíba. Estivemos em alguns pontos da cidade e constatamos a presença da população nas lojas que abriram hoje. A presença constante do efetivo da Força Nacional está passando uma sensação de segurança. Os policiais chegaram ontem (30) na cidade e deverão permanecer até que o Governo do Estado resolva a situação dos policiais que estão com seus salários atrasados e sem definição de quando vão receber o salário de dezembro e o décimo terceiro.

O Governador Robinson Faria havia anunciado um calendário após ter o pedido de ajuda do Governo Federal garantido, mas o Ministério Público de Contas do TCU recomendou que não fosse realizado o repasse de R$ 600 milhões ao Rio Grande do Norte. Diante desta negativa, o Estado não tem recursos para cumprir com todas suas obrigações.

Para conter os arrastões e o crescente número de roubos de veículos, o Governo do Estado pediu a presença das Forças Armadas, onde o Ministério da Defesa autorizou e desde ontem (30) já se encontram no RN mais de 2 mil soldados.