Arquivo diário: domingo, novembro 5, 2017

Taxista foi assassinado na noite de ontem (4), no bairro de jardim Lola, em São Gonçalo do Amarante. De acordo com a Polícia Militar, a vítima  estava realizando uma corrida no local, quando teria sofrido disparos. Os suspeitos podem ter fugido pelo mangue, onde a Polícia Militar realizou buscas.

 

Brasília - Alunos chegam no Uniceub, para prova do Enem (Valter Campanato/Agência Brasil)

Valter Campanato/Agência Brasil

Agência Brasil – As primeiras provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano foram bastante focadas na interpretação de textos, gráficos, mapas e imagens. Hoje (5), os alunos fizeram provas de redação, linguagens e ciências humanas.

Segundo o professor de geografia Cláudio Hansen, gerente pedagógico do curso onlineDescomplica, nas provas de hoje, a necessidade interpretativa ficou bastante evidente. “Foi uma prova que valorizou aquele aluno que fez muitos exercícios, que conhecia o Enem, que fez os exames anteriores, que se esforçou e tinha toda essa bagagem”, disse.

Um dos destaques da prova, segundo o professor, foi a cobrança sobre a estrutura política brasileira e os Três Poderes. “Mais do que nunca, foi cobrado sobre a noção de Executivo, Legislativo e Judiciário e principalmente como eles se relacionam na estrutura brasileira”, ressaltou. Uma das questões falava sobre as interferências do Poder Judiciário no Legislativo e outra, sobre o baixo número de mulheres em cargos públicos.

Alguns assuntos mais esperados para atualidade não foram cobrados, como a geopolítica atual envolvendo Síria, Venezuela, Coreia do Norte e refugiados. Mas o exame manteve a clássica cobrança sobre a geopolítica dos Estados Unidos, principalmente sua presença militar.

Também foi abordado o reconhecimento da Palestina como Estado observador da Organização das Nações Unidas (ONU). Na parte de sociologia, apareceram filósofos clássicos como Aristóteles e Kant, mas alguns como Platão e Marx não foram cobrados.

O professor ficou surpreso com a baixa cobrança de questões ambientais, que é uma marca do Enem, e o fortalecimento da cobrança sobre geografia física. “Foram questões que exigiram o conhecimento de geografia física. Isso vai dar um destaque muito grande para os alunos que estudaram”. A construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte foi abordada em uma questão interpretativa, na qual os alunos tinham que ler um gráfico e responder sobre a geração de energia e os impactos no meio ambiente.

Em história, foram abordados assuntos clássicos como escravidão, nazismo e campos de concentração, assim como a Inconfidência Mineira. “Ao meu ver, exigindo não só conhecimento, mas um grau de interpretação. As questões de história ganharam uma complexidade não necessariamente no tema, mas no formato da questão”, disse Hansen.

A prova de linguagens valorizou questões literárias. “Cobrou coisas muito clássicas e esperadas como gênero textual, funções da linguagem e questões muito interpretativas, como é esperado da prova de linguagem, como questões de propagandas e interpretação de textos clássicos”, acrescentou o professor.

TV Brasil transmite hoje à noite o programa Caiu no Enem, em que professores comentarão, ao vivo, as questões do primeiro dia de provas do Enem.

Nesta última sexta-feira (03) foi registrado um assalto em uma loja de material de construção no distrito de Mangabeira, em Macaíba. A dupla de assaltantes estava em uma motocicleta preta quando chegaram ao estabelecimento e anunciaram o assalto.

Até o momento ninguém foi preso. Mangabeira é uma das regiões de Macaíba que vem registrando muitos roubos, principalmente pela facilidade que os bandidos têm para fugir pela BR-226.

0E41806C-A117-4107-B9F7-E79DF2ED4E58

Num jogo emocionante e muito disputado, o Cruzeiro de Macaíba empatou com a equipe do  APG FC pelo placar de 0 x 0, na noite deste último sábado (04) no  Ginásio do Ded, em Natal.  O destaque da partida foi o goleiro Alalu, fechou o gol do Azulão.

Próximo jogo será na próxima terça 07/11, valendo praticamente a classificação para próxima etapa.

Do Senadinho Macaíba

Foto: Arquivo

Agência Brasil – O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano é Desafios para Formação Educacional de Surdos no Brasil.

A informação foi divulgada agora há pouco pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em sua conta no Twitter.

Pela primeira vez, o Enem terá videoprovas em Linguagem Brasileira de Sinais (Libras).

Hoje (5) é o primeiro dia de prova do exame, e também terá provas de linguagens e ciências humanas. Os candidatos têm cinco horas e 30 minutos para concluir a prova. O exame começou a ser aplicado às 13h30, no horário de Brasília, para cerca de 6,7 milhões de candidatos em todo o país.

O tema deste ano segue a tendência das últimas edições do Enem, que costuma abordar temas sociais. No ano passado, o tema foi Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil. Violência contra a mulher, publicidade infantil, lei seca e movimento imigratório também foram abordados nos últimos anos.

Portal IFRN – Coordenado pelos professores Plácido Neto (IFRN Campus Natal – Central) e Genoveva Vargas-Solar (CNRS – França), o Campus Natal-Central do Instituto Federal do Rio Grande do Norte, em parceria com o Laboratoire d’Informatique de Grenoble (França), realiza a 2ª Escola Franco-Brasileira de Big Data e Cidades Inteligentes. O evento acontece entre os dias 8 e 10 de novembro, com o objetivo de reunir especialistas que trabalham em cidades inteligentes e tópicos relacionados, como internet das coisas, Big Data e computação em nuvem, que permitam a construção de infraestruturas necessárias capazes de incorporar inteligência a esses ecossistemas.

Com palestrantes de diversas instituições brasileiras e francesas, como o Instituto Federal de São Paulo (Brasil), Universidade Federal de Pernambuco (Brasil), CNRS (França), Universidade de Paris (França) e Universidade de Toulouse (França). Além disso, participarão da programação profissionais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Brasil), do Laboratório Franco-Mexicano de Informática e Sistemas de Controle – LAFMIA (França/México) e do Barcelona Supercomputing Center – BSC (Espanha), o encontro tem o intuito de discutir tópicos relevantes no que diz respeito à análise de Big Data e ao desenvolvimento de cidades inteligentes.

Assim, o comitê de organização da Escola Franco-Brasileira de Big Data e Cidades Inteligentes 2017 convida cientistas, jovens e seniores interessados em Cidades Inteligentes a participar da 2ª edição da escola. O evento ocorrerá em língua inglesa e não haverá tradução simultânea. Para se inscrever, acesse o site.

Sobre o evento:

Cidades Inteligentes é uma iniciativa mundial que leva a explorar melhor os recursos em uma cidade para oferecer serviços de nível superior às pessoas. As cidades inteligentes estão relacionadas a detectar o status da cidade e atuar de novas formas inteligentes em diferentes níveis: pessoas, governo, carros, transportes, comunicações, energia, edifícios, bairros, armazenamento de recursos, etc.

Serviço:

O que: 2ª Escola Franco-Brasileira de Big Data e Cidades Inteligentes

Quando: 8 a 10 de novembro

Onde: Miniauditório do Campus Natal-Central do IFRN

Acesse:

Site do evento

Link para inscrição

Portal da UFRN – Entre os dias 6 e 10 de novembro, a Universidade Federal Rio Grande do Norte (UFRN) realiza a IX Semana de Engenharia de Alimentos destacando o tema A Indústria Sustentável. O evento conta em sua programação com visitas técnicas, minicursos e um ciclo de palestras.

De acordo com a organização, a proposta é promover a discussão de pesquisas desenvolvidas na área de alimentos, aproximar as empresas do estado dos futuros profissionais e propiciar um intercâmbio de conhecimento entre entidades, empresas, parceiros e a Universidade.
Mais informações podem ser conferidas na página da IX Semana de Engenharia de Alimentos no Facebook .